👏  Seja bem-vindo(a) ao nosso novo site! O site antigo ainda pode ser acessado aqui. Leia sobre o novo design do site e envie a sua opinião.
O site antigo ainda pode ser acessado aqui.
Inequality and Politics in Brazil: Bolsa Familia and Beyond
Menu
SHARE
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Inequality and Politics in Brazil: Bolsa Familia and Beyond

The Bolsa Familia program of money transfers to the roughly 50 million poor at the bottom of the pyramid is internationally known but its success was grounded in a much wider set of 149 programs constituting an integrated and inter-sector policy.
Autor
Ladislau Dowbor
Tamanho
24 páginas
Originalmente publicado
Economics and Business Review
Data
1 de dezembro, 2020
ISSN
2392-1641

Article pages: 7 to 26. e-ISSN: 2450-0097

The Bolsa Familia program of money transfers to the roughly 50 million poor at the bottom of the pyramid is internationally known but its success was grounded in a much wider set of 149 programs constituting an integrated and inter-sector policy.

With inequality presently soaring not only in Brazil but throughout the world the aim of this paper is to understand how inclusive and sustainable policies can work both for society and the economy and assess their performance in Brazil as an illustration of institutional change as a key approach.

Equally essential is understanding the power of the global financial interests which generated the drama of 1 percent having more wealth than the other 99 percent. Both mechanisms, of inclusion and exclusion, are analyzed here, on the basis of the Brazilian experience

economics end business review

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Receba recomendações de leitura no seu email.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.
Artigos
Ladislau Dowbor
– 22 de julho, 2021
– 5p.
Quem diria: nos próprios EUA, a ideia de que os Estados “só podem gastar o que arrecadam” – mito central da ditadura financeira – balança. Abre-se espaço para a mudança, começando por serviços públicos de excelência e Renda Básica.
Artigos
Ladislau Dowbor
– 9 de julho, 2021
– 2p.
Atualmente, estamos enfrentando uma convergência de tendências críticas: destruição do meio ambiente, explosão da desigualdade, caos financeiro, a erosão da democracia e, claro, a pandemia. Mas olhar para trás, para as tendências históricas, nos dá uma ferramenta poderosa para uma melhor compreensão de nossos desafios. A economia é essencialmente sobre política.
Assine a newsletter e faça parte da nossa comunidade.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.