Share on Facebook1Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

Dissertação de mestrado em Administração na PUC-SP. Orientador prof. Ladislau Dowbor, banca com os professores Pedro Jacobi e Antônio Vico Mañas, dezembro de 2010. Contato: pedrosaad@yahoo.com.br

 

Na área do conhecimento, e trata-se bem ou mal da matéria prima da educação, nos sentimos todos um pouco atropelados pela rapidez das transformações tecnológicas, pelo redimensionamento do conhecimento que já é o vetor principal de formação de valor em grande parte dos processos produtivos, pela conectividade que transforma radicalmente a relação entre os conteúdos e o local físico seja do professor, seja do aluno. O conhecimento não é mais algo que está na cabeça de um professor e nos livros da biblioteca, está online, banha o planeta no sistema online que diariamente ganha dezenas de milhares de livros, estudos, mapas, imagens, conferências online, redes interativas. Já não se trata de um estudo de segunda classe, já não é opção entre o presencial e o distante (são hoje sistemas mixtos), o próprio nome deveria ser muito mais “ensino interativo em rede” do que “ensino à distância”, que ainda remete ao antigo Instituto Universal. É um universo novo, que inclusive contribui poderosamente para a interiorização do ensino superior no país. A próplria PUC-SP está avançando rapidamente nesta área.

 

Partindo das diretrizes do ensino superior, e da recente evolução universitária no Brasil, o trabalho de Pedro Saad foca as desigualdades, e estuda como as novas tecnologias de educação à distância podem ajudar na democratização do acesso. Bem escrito e documentado, sem muitas firulas teóricas, Pedro Saad dá conta do recado: os desafios, os logros, os potenciais.

 

Sabemos perfeitamente que a democratização do conhecimento que as novas tecnologias permitem encontra resistências. Em nome da propriedade intelectual dizem-se bobagens impressionantes. O sistema educacional está sem dúvida incorporando muitas inovações. No entanto, no seu conjunto o mundo da educação ainda está organizado em função da sala de aula, do quadro negro e do giz. Há uma nova função do ensino, processos muito mais interativos, uma perspectiva de escola menos lecionadora e mais articuladora de sistemas de conhecimento, menos conteudista, mais metodológica. Os deafios são imensos. Ao abordar o tema da educação à distância, que ainda é vista de maneira muito simplificada, Pedro Saad ajuda a iluminar um conjunto de mudançasem curso. Vale a pena, trabalho claro, bem escrito, bem documentado, por quem domina bem inclusive as dimensões técnicas do processo.

 

O texto pode ser obtido com o autor, pedrosaad@yahoo.com.br e através do link: http://www.editorabrasileira.com.br/Dissertacao/Pedro_Fernandes_Saad.pdf

Autor: Pedro Fernandes Saad