Acontecendo agora

Boaventura de Sousa Santos – A ilusória “Desglobalização” – Outras Palavras – out. 2017 3p.

No desgoverno geral que caracteriza a época, aparece com força o desajuste entre a globalização por um lado, e a fragmentação por outro. Os próprios governos tornam-se em boa parte impotentes e as populações frustradas. Boa análise do Boaventura publicada no site Outras Palavras.
Leia mais

Palestra Dowbor: O poder parasitário do sistema financeiro – Instituto Humanitas Unisinos – out 2017 – 1p.

A estranheza do tempo presente é tão grande que vivemos a época em que é o rabo que balança o cachorro. Quer entender como isso funciona em termos sociais e econômicos? O professor Ladislau Dowbor explica: “O sistema financeiro é de mediação, não produz nada. Então as áreas produtivas se tornam o meio para os especuladores ganharem dinheiro. Por isso eu digo, que é o rabo que balança o cachorro”, brinca Dowbor, ao fazer uma alegoria para demonstrar a centralidade do poder financeiro.
Leia mais

Laura Flanders – Next System Media: an Urgent Necessity – 13 Oct. 2017

The Next System Project nos Estados Unidos constitui uma plataforma que unifica pesquisas sobre as transformações necessárias para uma sociedade que funcione. O que está implícito no nome do movimento, é que o sistema atual já não responde. Aqui, em cerca de 10 páginas, uma das produções do Next System, sobre como repensar o sistema de comunicação e informação para a cidadania, frente ao oligopólio hoje constituído. O problema, evidentemente, não é só nosso. Bom material, em inglês.
Leia mais

Dowbor – A violência econômica: o poder dos juros e das corporações financeiras – ComCiência, SBPC, Labjor-Unicamp – Artigo-dossier nº 192, 9 de outubro de 2017, 4p

É estranho constatar que em todo o ciclo escolar, inclusive nas universidades, a não ser na área especializada em economia financeira, ninguém nunca teve uma aula sobre como funciona o dinheiro, principal força estruturante da nossa sociedade. A população se endivida muito para comprar pouco no volume final. A prestação ‘cabe no bolso’ (mas pesa no bolso durante muito tempo). O efeito demanda é travado. Quando 61 milhões de adultos no Brasil estão com o nome sujo no sistema de crédito, é o sistema que está deformado.
Leia mais

Entrevista Dowbor – Nesse cassino, só joga quem tem ficha – jornal Extra Classe /SINPRO/RS (Sindicato dos Professores do RGS) – jornalista Marcelo Mena Barreto – out. 2017, 4 p.

Quando Martin Wolf, comentarista-chefe de Economia do jornal britânico Financial Times que participa do Fórum de Davos desde 1999, escreve que o sistema financeiro atual perdeu a sua legitimidade, é mais do que uma grande propaganda para o novo livro de Ladislau Dowbor, A era do capital improdutivo (Outras Palavras & Autonomia Literária, 316p.). De certa forma é um facho de esperança sob um panorama tão sombrio que o economista e professor titular de pós-graduação da PUC São Paulo traça magistralmente em sua obra. Nesta entrevista ao Extra Classe, Dowbor mostra o quanto a acumulação de recursos através de um sistema financeiro que não produz nada e vive tão somente de papéis e juros sobre juros é maléfico, transformando-se em um grande poder do qual a sociedade como um todo se torna refém. O fato ainda de A era do capital improdutivo ter praticamente se esgotado em um mês, fazendo com que o editor providencie a segunda edição também é revelador. Sinal, como diz o professor, que ‘Deus e o mundo estão se dando conta de que esse sistema é improdutivo’, pois além de aniquilar a capacidade de produção e de pesquisas úteis para a sociedade, mantém a desigualdade e promove o desastre ambiental.
Leia mais

Documentário Brasil, o grande salto para trás – Brésil, Le grand bond en arrière – Frédérique Zingaro e Mathilde Bonnassieux – 2017 – 55 min. (legendado)

Documentário europeu sobre o golpe no Brasil e o atraso social, econômico e político que está sendo gerado. Independentemente de firulas jurídicas e aparências de ritos legais, o fato é que assumiu o poder e toma medidas absurdas um governo com 3% apenas de aprovação. No plano internacional a compreensão está finalmente se enraizando, de que um governo que toma medidas antipopulares e com esse nível de rejeição confirma a violação de procedimentos democráticos e caracteriza um golpe jurídico-parlamentar. Se não é golpe na origem, é golpe nos resultados. O silêncio das panelas é impressionante.
Leia mais

JAŚ KAPELA – OTUCHA: PROMYCZKI, CZYLI SKĄD BIORĘ NADZIEJĘ W ŚWIECIE ZMIERZAJĄCYM DO ZAGŁADY – 2017

Przyjemnie myśleć, że jeśli nawet wytniemy wszystkie lasy, zatrujemy wszystkie morza i wpuścimy tyle dwutlenku węgla do atmosfery, że planeta Ziemia przestanie być zdatna do życia dla ludzi, niebo wciąż będzie piękne.
Leia mais

Silvio Tendler – Privatizações: a Distopia do Capital – 2014 – 1h

Documentário questiona qual é o modelo econômico que o país quer construir para o futuro. O objetivo do cineasta é trazer para o debate público os discursos hegemônicos que permeiam as políticas econômicas, além de traçar um panorama histórico dos processos de privatizações que o país sofreu. Como Tendler observa, seus filmes têm a preocupação de refletir sobre o futuro. Neste caso, a ideia é discutir a possibilidade de reconstrução do Estado brasileiro.
Leia mais

Hazel Henderson – Fintech: Good and Bad News for Sustainable Finance – Pesquisa & Debate PUC-SP – out 2017 – 15p.

Today, we need to explore deeper societal issues surrounding the rapid deployment of computerized electronic platforms, cryptocurrencies and algorithms now disrupting legacy financial firms and their models. Such electronic platforms and technologies have been disrupting many sectors of industrial societies since the 1960s’ automation of manufacturing and more recently of publishing, retail, travel, legal and medical services.
Leia mais

IV Tribunal Tiradentes – testemunho de Ladislau Dowbor – 15 min. – 25 de setembro de 2017

Participação de Ladislau Dowbor durante o IV Tribunal Tiradentes realizado no Tucarena em São Paulo, em 25 de setembro de 2017. A IV sessão do Tribunal Tiradentes foi promovida pela Comissão Brasileira de Justiça e Paz – CBJP, vinculada à CNBB, com o apoio de instituições e entidades nacionais, regionais e locais da sociedade civil e movimentos sociais. Para maiores informações acesse o site do Tribunal Tiradentes: https://www.tribunaltiradentes.org/
Leia mais

A distância que nos une – Oxfam Brasil, setembro de 2017, 94p.

Saiu finalmente o esperado estudo da Oxfam sobre desigualdade no Brasil: "A distância que nos une", Oxfam Brasil, setembro de 2017 (94p). Seis brasileiros dispõem de mais riqueza do que a metade mais pobre da população, e 5% dispõem de uma fatia de renda maior do que os 95% seguintes. O relatório cobre renda, riqueza e acesso aos serviços essenciais. A desigualdade para nós não é apenas uma vergonha em termos éticos, como é insustentável em termos políticos (os sucessivos golpes sempre tiveram esta origem), e é absurda em termos econômicos pois nada estimula a economia como a inclusão do andar de baixo. Leitura essencial para entendermos tanto os nossos dramas como os nossos rumos.
Leia mais

Antonio Guterres – Financing the 2030 Agenda Event – 18 September, 2017 – 5 min.

Fala de cinco minutos do Secretário Geral da ONU, Antonio Guterres, sobre o sistema financeiro: "Frente ao imperativo dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o sistema financeiro global de hoje, que gerencia cerca de 300 trilhões de dólares em ativos financeiros em nosso nome coletivo, simplesmente não é adequado para o propósito " (20.09.2017, 2 min 30 seg). No original: “Set against the imperative of Sustainable Development Goals, today’s global financial system which manages some 300 trillion dollars in financial assets in our collective behalf is simply not fit for purpose” (20.09.2017, 2 min 30 seg).
Leia mais

Amyra El Khalili – A construção de outro modelo de finanças depende de uma estratégia socioambiental – fev. 2017 – 2p.

"Os mercados futuros deveria ter por função “fixar preço” para prevenir riscos de uma quebra de safra, crises politicas e econômicas, crises climáticas e desastres naturais, entre outros fatores imprevisíveis, capazes de provocar aumentos estratosféricos ou baixas expressivas nos preços, prejudicando custos, com isso provocando desemprego, falência de indústrias, de produtores e prestadores de serviços (hedge/proteção)", escreve Amyra El Khalili, professora de economia socioambiental. Economista com mais de duas décadas de experiência nos mercados futuros e de capitais, Amyra é fundadora do Movimento Mulheres pela P@Z! e da editora da Aliança RECOs – Redes de Cooperação Comunitária Sem Fronteiras. É também autora do e-book “Commodities Ambientais em Missão de Paz: Novo Modelo Econômico para a América Latina e o Caribe”.
Leia mais

Entrevista Dowbor a Heródoto Barbeiro – Record News – setembro 2017 – 14 min.

"Reduzir a inflação quebrando a economia não é sinal de recuperação econômica", afirma Dowbor durante entrevista veiculada concedida ao jornalista Heródoto Barbeiro da Record News e veiculada em 9 de setembro de 2017.
Leia mais

Świat, którym nikt nie rządzi – Newsweek (edição polonesa) – Jacek Pawlicki – 28.08.2017, 4p.

Dziś problemem Brazylii i szerzej, całego świata, jest to, że o wiele bardziej opłaca się inwestować w różnego rodzaju instrumenty finansowe niż w produkcję czy rozwój – mówi brazylijski ekonomista Ladislau Dowbor
Leia mais



Parceiros

© 2017 Ladislau Dowbor. Criação WowBrazil | Tema original Feelsen por Sérgio Vilar