Mariluci Alves Martino – A importância das parcrias na educação profissional – Tese de doutorado em Educação e Currículo, sob orientação da profa. Myrtes Alonso, defendida na PUC de São Paulo em 27 de outubro de 2006. Pariticiparam da banca os professores Júlio Almeida, Pedro Pontual, Fernando Almeida e Ladislau Dowbor. Contato:

A tese está disponível com a autora, na biblioteca da PUC-SP, ou na Pós-graduação em Administração, tel, (11) 3670.8513; veja também o site em construçãowww.posadmpucsp.org.br

A professora Mariluci vem da área empresarial, tornou-se professora e pesquisadora da FATEC/Paula Souza, familiarizando-se com a problemáica da formação profissional. Em seguida fez o mestrado na PUC em Administração, com uma dissertação sobre gestão de parcerias. O seu doutorado, centrado no potencial que as parcerias representam para a educação, e em particular para a formação profissional, constitui portanto uma sequência lógica, e o seu trablho deve tornar-se uma referênia nesta área ainda pouco explorada.

No conjunto, trata-se de explicitar uma mudança de enfoque. As instituições de ensino estão acostumadas em ter cursos nas “prateleiras”, e trabalham por oferta. Apresentam uma lista de “cursos oferecidos”. Na realidade, com a força das mudanças tecnológicas, e a consequente evolução das competências exigidas, não basta apenas atualizar a oferta, é preciso organizar uma interação regular com diversas instituições interessadas na assimilação de novos conhecimentos por parte de trabalhadores dos mais variados níveis e especializações. A construção deste ambiente interativo, que tanto beneficia as empresas contratantes como os alunos e as próprias instituições de ensino – obrigadas a romper o gesso e a repensar as próprias práticas pedagógicas – está no centro do trabalho da pesquisadora.

Assim um centro regional de formação pode complementar a sua missão “lecionadora” com uma função mais ampla de prestação de serviços científicos para os diversos agentes econômicos e sociais do território onde se encontra. Um conjunto de instituições, conectadas em rede, pode gerar sinergias onde se capitalizam tanto a variedade das experiências como as particularidades regionais ou locais. Neste sentido cada instituição pode assumir uma função irradiadora de conhecimentos na região, articulando conhecimentos disponíveis em diversas redes científicas com as necessidades particulares dos diversos agentes.A proposta é inovadora, e vem contribuir para uma tendência que está se desenhando em diversas regiões do país. Analisando a experiência da rede Paula Souza de Formação profissional, Mariluci traz uma séria de visões práticas, explicitando o potencial das parcerias. A tese está disponível com a autora, na biblioteca da PUC-SP, ou na Pós-graduação em Administração, tel, (11) 3670.8513; veja também o site em construção www.posadmpucsp.org.br
Autor: Mariluci Alves Martino