Acontecendo agora

Social Management and Transformation of Society – 2000,18p.

The American economy today is no longer driven by the automotive industry, but by the health sector, which represents 14% of the country’s GDP. While social services have become central to modern economies, their management paradigm has yet to be identified. Huge, centralized state bureaucracies are sorely lacking in responsiveness,… Leia mais

Capitalismo: novas dinâmicas, outros conceitos – 2000, 28p.

Em 28 pontos se estudam as novas “cartas” com as quais temos que montar o novo jogo social: trata-se de um estudo de como alguns dos principais conceitos que nortearam a nossa análise da sociedade tiveram os seus conteúdos transformados, exigindo uma atualização metodológica mais profunda. O texto foi publicado… Leia mais

Elizabeth de Melo Rico e Raquel Raichelis (Orgs) -Gestão Social: uma questão de debate, 1999

Capítulo A gestão social em busca de paradigmas sobre os paradigmas da gestão social. O maior setor econômico hoje nos USA, para dar um exemplo, é a saúde, com 14% do Pib. A saúde, a cultura, a educação, estão se tornando as grandes locomotivas de atividades, de pesquisa e de emprego. Nesta área, é preciso reconhecê-lo, não temos paradigmas adequados de gestão, pois a visão da mega-pirâmide estatal não se sustenta para sistemas capilares que devem ser flexíveis, e horizontais, enquanto a privatização resulta simplesmente destrutiva.
Leia mais

O Município no Século XXI: Cenários e Perspectivas, 1999

Capítulo O poder local diante dos novos desafios O estudo apresenta os novos desafios dos municípios, frente a um mundo onde o conjunto dos relacionamentos políticos, econômicos, sociais e culturais está sendo redefinido. Partindo do artigo "Capitalismo, novas dinâmicas, outros conceitos" busca-se definir as novas regras do jogo social: na realidade, os principais conceitos que ainda norteam a nossa análise da sociedade tiveram os seus conteúdos transformados, exigindo uma atualização metodológica mais profunda.
Leia mais

Sheridan Bartlett, Roger Hart, David Satterthwaite, Ximena de la Barra, Alfredo Misair – Cities for Children – Unicef, Earthscan Publications, London 1999

Trata-se de um manual simples e direto, sobre como poderíamos reorganizar as cidades em função das crianças. Normalmente não nos colocamos estes problemas, pois somos adultos, mas as crianças urbanas não têm mais parques seguros, não têm como andar de bicicleta na rua, estão sozinhas em casa pois os pais trabalham. As poucas infraestruturas existentes são caras e destinadas a crianças de familias ricas. O problema emerge hoje nas discussões internacionais e se reflete no Brasil em iniciativas como o movimento Prefeito Criança da Fundação Abrinq. Está em estudo uma edição brasileira.
Leia mais

O planeta mídia:Tendências da comunicação na era global – Dênis de Morais, Letra Livre, Campo Grande MS, 1998, 85-86299-06-x

O “Planeta Mídia”, de Dênis de Morais, vem suprir uma forte lacuna que tínhamos de uma visão abrangente e atualizada das macro-tendências da comunicação, com ênfase para as implicações para o Brasil. Todos sabemos, ou intuimos, o peso decisivo que as comunicações adquiriram no nosso cotidiano, na disputa pelo poder… Leia mais

Femmes, le mauvais genre?Ignacio Ramonet (org.), Manière de Voir n.44, Le Monde Diplomatique, Paris, Mars/Avril 1999

O número 44 de Manière de Voir traz uma excelente apresentação da problemática do gênero, conhecido para não especialistas como o problema da luta da mulher pelos seus direitos. São 32 artigos, muito bem selecionados, de especialistas de diversos países. Dados concretos, no texto introdutório de Ignacio Ramonet: mais de… Leia mais

World Information Report 1997/98 -UNESCO, Paris, 1997, 92-3-103341-7

Trata-se de uma publicação de primeira importância. Pela primeira vez a UNESCO (ou qualquer instituição, pelo que eu saiba) realiza um esforço tão amplo de avaliação da autêntica revolução que está ocorrendo no planeta, como resultado da articulação das novas tecnologias com a nova importância do conhecimento no conjunto das… Leia mais

The Atlantic Century – Once again, the US and Europe are the twin drivers of the world economy – Joan Warner, Business Week, 8 February 1999

Quem vai ter de resolver somos nós mesmos, e com outras propostas. O artigo de capa do Business Week de 8 de fevereiro de 1999 é importante. A lógica geral da análise é extremamente simples: os investidores estão abandonando os países emergentes (Brasil e Cia.) onde há altos retornos mas… Leia mais

Municípios, arrecadação e administração tributária:Quebrando tabus – Rômulo M. dos Santos / Maurício D. David / Júlio César M. Raimundo / Erica A. Araujo / Cristovão A. Correia / José Roberto R. Afonso, BNDES, Revista do Bndes, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, v.5, n.10, Dez. , 1998, 0104-5849

Trata-se a meu ver de uma excelente sistematização sobre este assunto, onde andamos tão carentes. Os autores claramente fizeram a lição de casa, pesquisaram cada item e os dados correspondentes, e apresentam um artigo que vai ajudar a todos que trabalham com a temática de descentralização e racionalização da administração… Leia mais

Relatório sobre o Desenvolvimento Mundial 1997

O Estado num mundo em transformação Banco Mundial (org.), Oxford University Press para o Banco Mundial, Washington, 1997, 0-8213-3777-7 Banco Mundial, Estado, privatização, administração pública… Leia mais

Everything for Sale -The virtues and Limits of Markets – Robert Kuttner, Twentieth Century Fund Book – Alfred A. Knopf, New York, 1996, 0-394-58392-2

Um estudo bastante demolidor das virtudes do mercado, ainda que o sub-título, “virtues and limits of markets”, sugira uma visão mais equilibrada. Um dos elementos mais ricos do livro talvez seja o cruzamento dos mecanismos de mercado com valores sociais: “As good a neoclassical economist as Arthur Okun could write… Leia mais

For the Common Good: Redirecting the economy toward community, the environment and a sustainable future – John B. Cobb Jr. / Herman E. Daly, Beacon Press, Boston, 2ª atualizada 1996, 1994, 0-8070-4705-8

O livro é sumamente interessante porque deixa de lado a tradicional oposição entre mercado e outros mecanismos, admite a utilidade fundamental do mercado, mas estuda as situações concretas (saúde, emprego, meio-ambiente etc.) onde o mercado opera mal, ou não opera. Em outros termos, em vez de falar bem ou mal… Leia mais

Terceiro Setor: Desenvolvimento Social Sustentado – Evelyn Berg Ioschpe (org.) / Lester Salamon / Peggy Dulany, Paz e Terra / GIFE, São Paulo/Rio de Janeiro, 1, 1997, 285-2190264-6

O livro organizado por Evelyn Ioschpe constitui ainda a introdução mais prática que existe no Brasil, ao tema do Terceiro Setor, ONGs. Organizações da Sociedade Civil etc. Redigiram capítulos do livro pesquisadores como Lester Salamon, provavelmente o estudioso hoje mais informado sobre o assunto, outra excelente autora como Peggy Dulany,… Leia mais

Un monde sans loi :La criminalité financière en images – Jean de Maillard Stock, Paris, 1, 1998, 2-234-04827-3

Trata-se a meu ver de uma excelente sistematização sobre este assunto, onde andamos tão carentes. Os autores claramente fizeram a lição de casa, pesquisaram cada item e os dados correspondentes, e apresentam um artigo que vai ajudar a todos que trabalham com a temática de descentralização e racionalização da administração… Leia mais

O Neoliberalismo brasileiro e seus mentores – 1998, 9p.

Breve análise das relações entre a oligarquia brasileira e as novas exigências de uma inserção adequada do país na economia mundial. Os mecanismos atuais nos levam a alternativas pouco reconciliáveis entre satisfazer as dinâmicas especulativas externas ou priorizar o reequilibramento econômico e social interno. Artigo publicado pela revista da Universidade… Leia mais

L.Dowbor – A Reprodução Social: propostas para uma gestão descentralizada – Vozes, 1998, 212p.

L.Dowbor - A Reprodução Social:  propostas para uma gestão descentralizada - Vozes, 1998, 212p.
Umas proposta de revisão em profundidade de conceitos básicos. Já se tornou insuficiente trabalharmos apenas com reprodução do capital, quando a saúde nos Estados Unidos, por exemplo, com 14% do PIB, representa o novo maior setor econômico; já não se pode partir da economia nacional, quando tantas atividades se globalizaram; já não se pode limitar o debate esquerda/direita à alternativa estatização/privatização, e assim por diante. Trabalho publicado pela editora Vozes, Petrópolis, 1998. (L.Dowbor)
Leia mais

Ladislau Dowbor, Octavio Ianni e Paulo Rezende (Orgs) – Desafios da Globalização – Vozes, 1998

Capítulo Globalização e tendências institucionais no livro Desafios da Globalização, organizado por Ladislau Dowbor, Octavio Ianni e Paulo Rezende. O livro apresenta em artigos curtos o impacto da globalização para as diferentes áreas de atividades: mudou a forma de pensar a política, de pensar as bases do direito, de estudar a identidade social e assim por diante.
Leia mais

Os Direitos Humanos no Cotidiano: Manual – Ministério da Justiça, Secretaria Nacional dos Direitos Humanos – Brasília, 1998

Capítulo A palavra de Ladislau Dowbor sobre o Artigo 9º Ninguém será arbitrariamente preso, detido ou exilado. A Declaração Universal dos Direitos do Homem fez 50 anos em 1998. Hoje, no planeta todo, as pessoas e as instituições estão se tornando conscientes que se trata de uma questão de sobrevivência da humanidade. Avançamos muito em tecnologia, e muito pouco em termos de processo civilizatório. Belíssimo livro elaborado conjuntamente pelo Ministério da Justiça, Secretaria Nacional dos Direitos Humanos em colaboração com a Unesco e Universidade de São Paulo, Brasília, 1998. Colaboram dezenas de autores, incluindo Chico Buarque, Gilberto Dimenstein, Jaime Wright, Milton Nascimento, Dom Paulo Evaristo Arns, José Gregori, Juca Kfouri e outros.
Leia mais

Ninguém será arbitrariamente preso, detido ou exilado – Artigo 9 – 1998, 2p.

A Declaração Universal dos Direitos do Homem fez 50 anos em 1998. Hoje, no planeta todo, as pessoas e as instituições estão se tornando conscientes que se trata de uma questão de sobrevivência da humanidade. Avançamos muito em tecnologia, e muito pouco em termos de processo civilizatório. O livro Direitos… Leia mais

A crise financeira tem jeito? – 1998, 36p.

Um pequeno balanço e apresentação do pano de funda da crise financeira que hoje assola o Brasil. O artigo se apoia em publicações recentes da Unctad, e análises de Le Monde Diplomatique. O artigo, inicialmente intitulado A crise financeira tem jeito? foi publicado pela revista PUC Viva, da Puc de… Leia mais

Do espaço educacional aos espaços do conhecimento -1998, 9p.

Uma discussão das perspectivas atuais da educação de jóvens e adultos, elaborado no quadro das orientações da V Conferência Internacional de Educação de Adultos, envolvendo Unesco e outras instituições. Trata-se em particular de mostrar que a formação de adultos deve inserir-se em políticas locais e regionais de desenvolvimento, ultrapassando a… Leia mais

Depoimento à Rádio Eldorado em “1968 do Sonho ao Pesadelo”

“O movimento de 68, ele ficou na memória de todo mundo. Nós tivemos uma reunião com o José Dirceu e com outras pessoas na USP há um ano, e a gente lembrava que parece que foi ontem. Marcou muito todas as pessoas que participaram pela intensidade de todo o processo… Leia mais



© 2020 Ladislau Dowbor. Criação WowBrazil | Tema original Feelsen por Sérgio Vilar