Ladislau Dowbor – The Corporate Capture of Democracy – July – 2016, 11p.

Ladislau Dowbor – The Corporate Capture of Democracy – July – 2016, 11p.
Corporate power has become systemic, capturing one by one the different dimensions of expression and exercise of power, and generating a new dynamic, or a new architecture of really existing power, political, economic and cultural. In this paper we will briefly cover a few basic mechanisms, sketching in a way what can be the emerging shape of the system.Deeply distorted ground rules continue being be presented as the result of a democratic and legitimate process, and indeed our Constitution states that all power emanates from the people. But rescuing the democratic processes of control and resource allocation today is a key challenge. Boaventura de Souza Santos speaks quite rightly of the need to strengthen democracy. But what we really need is to rescue it from the caricature it has become.
Leia mais

Contribua para o site dowbor.org

Todos os textos disponibilizados neste blog/site são de livre circulação e uso não comercial, no regime Creative Commons. Os textos são gratuitos. É importante você saber que baixando e lendo os textos, ou enviando-os a amigos, não está fazendo um ato de pirataria, mas difundindo cultura, investindo no conhecimento seu… Leia mais

Ladislau Dowbor – Los irresponsables en el poder – Revista Dialogos Del Sur – fev. 2017 (4p.)

Ladislau Dowbor - Los irresponsables en el poder - Revista Dialogos Del Sur - fev. 2017 (4p.)

La política económica del gobierno está basada en una inmensa farsa: la de que las políticas redistributivas de la era progresista quebraron el país mientras el nuevo poder, con banqueros en el control del dinero, io van a reconstruir. Según en cuento, como una buena ama de casa, van a enseñar responsabilidad, gastar solamente aquello que se gana. La gran realidad es que son los intereses extorsionados por los banqueros que generaron la brecha. La buena ama de casa que nos gobierna se ha juntado a los banqueros y está aumentando el déficit.
Leia mais

Os vazamentos do dinheiro público – Ladislau Dowbor – fevereiro – 2014, 4p.

Os Vazamentos do Dinheiro Público, publicado em fins de 2013 por Le Monde Diplomatique Brasil, é uma versão resumida do nosso Os Descaminhos do Dinheiro. Uma versão completa foi publicada em livro pela Perseu Abramo, Os Descaminhos do Dinheiro (http://dowbor.org/?s=os+descaminhos+do+dinheiro), assim que o assunto está apresentado para diversos gostos e o tempo disponível. Mas que vaza, isto vaza... (L. Dowbor)
Leia mais

Em 2012, 296 empresas nacionais passaram para controle estrangeiro – janeiro – 2013, 3p.

Caros, é um fator importante a ser considerado. Aqui se foca a compra de empresas, mas há também a compra de terras, e através da terra, do acesso à água (e água virtual sob forma de produtos agrícolas exportados). Concorre também com este processo o fato de, devido à crise,… Leia mais

A economia da fraude inocente – (The Economics of Innocent Fraud) – John Kenneth Galbraith, Companhia das Letras (em inglês Houghton Mifflin Cy, New York, 2004), São Paulo, 2004, 0-618-01324-5

A economia se tornou um universo de faz de conta, Alice no País das Maravilhas, ou jogo de sombras de Adeus Minha Concubina, ou ainda o mito das cavernas de Platão. Escolha o leitor a imagem que preferir, o essencial é que o sistema que vemos nas teorias oficiais não… Leia mais

Desintermediando o Estado – 1996

Curto artigo sobre algumas implicações que se pode tirar das novas propostas de um governo menos centrado no executivo e nos deputados, e com maior participação direta de atores sociais organizados. O artigo foi publicado pelo O Estado de São Paulo, e apresentado no Senado pelo Sen. Eduardo Matarazzo Suplicy.(L.… Leia mais

O debate sobre o PIB: estamos fazendo a conta errada – 2009, 6p.

Confiram versão deste artigo atualizada em 2019 neste link: https://dowbor.org/wp-content/uploads/2009/04/19-PIB-2-O-debate-sobre-o-PIB-revisada.docx Uma nota técnica sobre o problema das insuficiências do PIB no cálculo das atividades econômicas. O PIB não leva em conta a descapitalização do país em termos de recursos naturais, valoriza os desastres ambientais como aumento do PIB e assim… Leia mais

Ladislau Dowbor – “O Brasil está mudando para melhor. Não dá para contestar isso” – maio – 2014, 15p.

A relação entre as transformações do Brasil nas últimas duas décadas e a luta para superarmos a herança nefasta de 21 anos de ditadura militar é o tema da entrevista concedida ao Blog do Zé pelo economista Ladislau Dowbor, professor da PUC-SP. Dowbor, dentre os mais atentos observadores e analistas da cena política e econômica brasileira, que não apenas viveu o período militar, mas lutou contra a ditadura, mostra como a desigualdade social e regional fizeram parte do modelo adotado pela ditadura militar. Destrincha o milagre econômico e aponta o que estava por trás da máxima daqueles anos “deixar o bolo crescer primeiro, para depois distribuir”.
Leia mais

Ladislau Dowbor – A captura do poder pelo sistema corporativo – junho – 2016, 11p.

Ladislau Dowbor - A captura do poder pelo sistema corporativo – junho – 2016, 11p.
catalogoA expansão dos lobbies, a compra dos políticos, a invasão do judiciário, o controle dos sistemas de informação da sociedade e a manipulação do ensino acadêmico representam alguns dos instrumentos mais importantes da captura do poder político geral pelas grandes corporações. Mas o conjunto destes instrumentos leva em última instância a um mecanismo mais poderoso que os articula e lhe confere caráter sistêmico: a apropriação dos próprios resultados da atividade econômica, por meio do controle financeiro em pouquíssimas mãos. As dinâmicas de poder político, econômico e cultural estão sendo reorientadas, gerando uma nova configuração que se trata de estudar. É o pano de fundo de uma sociedade em busca de novos caminhos de gestão. (L. Dowbor)
Leia mais

Os Dez Mandamentos – Edição Revista e Atualizada – 2010, 7p.

Os Dez Mandamentos – Edição Revista e Atualizada – 2010, 7p.
O Altíssimo, depois de alguns milhares de anos, lembrou de uma bola azul que havia criado, e espiou das alturas o que estava acontecendo no planeta. Ao ver como tratamos o planeta herdado, as florestas cortadas, os mares devastados e poluídos, a miséria das favelas, o luxo de nababos capazes de enriquecer mas incapazes de administrar, ao constatar os milhões de esfomeados e as mortes das crianças, o Altíssimo decidiu que precisávamos de Mandamentos mais drásticos, indo para assuntos mais substantivos do que o tradicional “Não Cobiçarás a Mulher do Próximo”. Permitimo-nos aqui reproduzir esta versão revista e atualizada dos Mandamentos, pois achamos que o planeta merece, e precisa. A visão faz parte dos documentos de discussão dos pesquisadores do grupo Crises e Oportunidades.(L. Dowbor)
Leia mais

Dom Flavio Giovanale – Sobre campanha brasileira contra a fome, pobreza e a desigualdades. Correio braziliense – dezembro – 2013, 1p.

Os avanços no Brasil foram muito grandes nos últimos anos. Mas se a direção é certa, a caminhada é insuficiente. O apelo de Dom Flávio ajuda na mobilização de forças. (L. Dowbor)
Leia mais

Les placements ethiques (Aplicações financeiras éticas) – Comment placer utilement son argent (como aplicar o seu dinheiro utilmente) – Alternatives Economiques, www.alternatives-economiques.fr , Paris, 4, 2003, ISSN 1291-1704

Fazer política sempre foi visto por nós como atividade muito centrada no voto, no partido, no governo. Mais recentemente, surgiram atividades em que a sociedade civil organizada arregaça as mangas e assume ela mesma uma série de atividades, em geral de cunho social, como por exemplo a Pastoral da Criança,… Leia mais

Os sentidos da economia solidária: os caminhos da autonomia coletiva e organizativa

Tese de doutorado em Psicologia Social, PUC-SP, Junho de 2007 – Participam da banca os professores Peter Spink (orientador), Odair Furtado, Jacqueline Brigagão, Ilka Camarotti e Ladislau Dowbor. Biblioteca da PUC-SP, Programa de Pós Graduação em Psicologia Social, ou com a autora Economia solidária constitui uma alternativa sistêmica ao… Leia mais

L.Dowbor – Curso “Pedagogia da Economia: A Era do Capital Improdutivo” – Instituto Paulo Freire – 2018 – 15 aulas

L.Dowbor - Curso "Pedagogia da Economia: A Era do Capital Improdutivo" - Instituto Paulo Freire - 2018 - 15 aulas
Entender o que acontece com a economia está ao alcance de qualquer pessoa. Não se trata aqui de teorias, e sim do nosso trabalho e do nosso dinheiro. O Instituto Paulo Freire, em parceria com o Professor Ladislau Dowbor, disponibiliza, gratuitamente, a íntegra do curso sobre o livro “A Era do Capital Improdutivo”. Você pode assistir e compartilhar livremente este curso, fundamental na atual conjuntura nacional e internacional. São 15 vídeos de 10 a 15 minutos, numa linguagem clara e objetiva, correspondentes a cada capítulo do livro. O curso é em português, não em economês.
Leia mais

Entrevista com Ladislau Dowbor sobre tributação para portal Panorama Mercantil – maio, 2013, 9p.

Nessa entrevista concedida ao portal Panorama Mercantil, o prof. Ladislau Dowbor faz duras críticas a mídia global, dizendo que ela atua na desinformação dos processos relativos à economia. Nas diversas áreas, em particular no que se refere aos juros e outros mecanismos financeiros, a desinformação impera. A entrevista toca várias dinâmicas da conjuntura econômica atual. (L. Dowbor)
Leia mais

Roosevelt Institute – New Rules for the 21st Century – 2019 – 77p.

Roosevelt Institute – New Rules for the 21st Century – 2019 – 77p.
Um choque impressionante de realismo caracteriza esta excelente síntese dos novos caminhos que os Estados Unidos precisam trilhar para que a economia volte a servir à sociedade, não o contrário. Não se trata de “mais um estudo” de economia, e sim de uma sistematização dos principais desafios e medidas a tomar. O eixo central do relatório está centrado no duplo movimento necessário: reduzir o poder das corporações, e resgatar o papel das políticas públicas. O Roosevelt Institute, a começar por Joseph Stiglitz, se caracteriza pela seriedade das suas pesquisas e o bom senso das propostas.
Leia mais

Os novos indicadores de riqueza (tradução de “Les nouveaux indicateurs de richesse”)

Jean Gadrey, Florence Jany-catrice, Editora Senac www.editorasenacsp.com.br , São Paulo, 2006, 159 p. , 85-7359-492-6. Finalmente temos a tradução, editada pelo SENAC. Escrevi um pequeno prefácio para esta edição. O comentário abaixo foi feito no anos passado, ainda sobre o original francês. O PIB não mede o bem-estar. Esta constatação… Leia mais

Em vez de desmatar mais, usar melhor o que já foi desmatado – maio 2012, 3p.

Em vez de desmatar mais, usar melhor o que já foi desmatado - maio 2012, 3p.
O código florestal tem gerado reações emocionais e argumentos ligados a interesses econômicos, mas ignora-se frequentemente os dados básicos. O Brasil tem cerca de 330 milhões de hectares de estabelecimentos agrícolas. Como são utilizados? (L. Dowbor)
Leia mais

Entrevista Dowbor – Nesse cassino, só joga quem tem ficha – jornal Extra Classe /SINPRO/RS (Sindicato dos Professores do RGS) – jornalista Marcelo Mena Barreto – out. 2017, 4 p.

Entrevista Dowbor - Nesse cassino, só joga quem tem ficha - jornal Extra Classe /SINPRO/RS (Sindicato dos Professores do RGS) – jornalista Marcelo Mena Barreto - out. 2017, 4 p.
Quando Martin Wolf, comentarista-chefe de Economia do jornal britânico Financial Times que participa do Fórum de Davos desde 1999, escreve que o sistema financeiro atual perdeu a sua legitimidade, é mais do que uma grande propaganda para o novo livro de Ladislau Dowbor, A era do capital improdutivo (Outras Palavras & Autonomia Literária, 316p.). De certa forma é um facho de esperança sob um panorama tão sombrio que o economista e professor titular de pós-graduação da PUC São Paulo traça magistralmente em sua obra. Nesta entrevista ao Extra Classe, Dowbor mostra o quanto a acumulação de recursos através de um sistema financeiro que não produz nada e vive tão somente de papéis e juros sobre juros é maléfico, transformando-se em um grande poder do qual a sociedade como um todo se torna refém. O fato ainda de A era do capital improdutivo ter praticamente se esgotado em um mês, fazendo com que o editor providencie a segunda edição também é revelador. Sinal, como diz o professor, que ‘Deus e o mundo estão se dando conta de que esse sistema é improdutivo’, pois além de aniquilar a capacidade de produção e de pesquisas úteis para a sociedade, mantém a desigualdade e promove o desastre ambiental.
Leia mais

Alternativas inteligentes de uso da energia – 2012, 9p.

Alternativas inteligentes de uso da energia - 2012, 9p.
Muito se discute sobre as fontes de energia. Mas a mudança do lado do uso é igualmente importante. Temos de passar a utilizar a energia de maneira inteligente. O presente artigo faz parte de um estudo que conta com capítulos de Emílio La Rovere, Luiz Pinguelli Rosa, Ladislau Dowbor e Ignacy Sachs - Energias Renováveis no Brasil – (Renewable Energy in Brazil)- Edição bilíngue – Núcleo de Estudos do Futuro, NEF, PUC-SP. Editora Brasileira, São Paulo 2012 www.editorabrasileira.com.br (L.Dowbor)
Leia mais

Sites Recomendados

Para recomendar um site envie e-mail para ou deixe mensagem no Mural Como eu me informo? Ladislau Dowborfevereiro/2019 A formação da opinião pública se transformou numa grande indústria. Em “Chomsky & Cia”, documentário de Daniel Mermet e Olivier Azam, temos um excelente sistematização de Noam Chomsky. Enfrentamos o oligopólio… Leia mais

EUA: o melhor Congresso que o dinheiro pode comprar – Hazel Henderson – Jan – 2010

A nota de Hazel Henderson sobre financiamento corporativo das campanhas tem grande importância. Hoje no Brasil, com o financiamento empresarial, terminamos por ter uma bancada ruralista, outra das empreiteiras, outra dos bancos e assim por diante, e só não temos bancada do cidadão. E cidadãos são pessoas físicas, não pessoas… Leia mais



© 2020 Ladislau Dowbor. Criação WowBrazil | Tema original Feelsen por Sérgio Vilar