Decodificando as cifras

cadeiras

Quantos mortos mais serão necessários para que o país saia desta letargia política e besteirol econômico? O artigo de Madeleine de Paula Lima traz uma curta e competente análise do absurdo desvio de recursos públicos, que são hoje necessários para ampliar o SUS e resgatar a nossa capacidade de enfrentamento da pandemia.

Acesso Negado

ilustração intercept 1024x512 1

Bancos priorizam grandes empresas na liberação do crédito que deveria estar sendo usado para salvar empregos. Somente 3,6% do crédito criado pelo governo chegou nos negócios.

Another Bank Bailout Under Cover of a Virus

publicbanks 0

Nos Estados Unidos, tal como no Brasil, a pandemia é pretexto para transferir  recursos públicos para os bancos. Bancos insolventes de Wall Street foram discretamente resgatados, outra vez.

Não há voucher de saúde

health topics 2 2

O SUS entra no combate à pandemia como uma daquelas relíquias desgastadas de família, mas que, felizmente, ainda funcionam e provam diariamente o seu valor.

El Papa propone en Asís una economía que da vida y no mata

pope

Del 19 al 21 de noviembre, Asís, la ciudad italiana de San Francisco, acogerá a más de 2.000 economistas y empresarios de 115 países, todos menores de 35 años, para participar en el encuentro “La Economía de Francisco”, un evento convocado por el Papa. El Brasil estará representado por 30 participantes.

TMM: As sociedades contra a ditadura financeira

A mural painted by the artist Banksy, near the Barbican Center in London.

De vez em quando uma pessoa se sente inspirada, ou várias leituras nela amadurecem, e produz um texto simples e sintético, capaz de exprimir ideias essenciais. É o caso do excelente artigo do Antonio Martins, no Outras Palavras, que junta a nova compreensão sobre o papel da moeda, as deformações que temos de enfrentar e os objetivos estratégicos que podemos adotar. Uma bela leitura, aproveitem!

Brasil anos 2000: A política social sob regência da financeirização

Como o Brasil se compara ao resto do mundo nestes 10 indicadores

Este artigo analisa como o processo de financeirização em massa, que caracterizou o ciclo de governança do Partido dos Trabalhadores, ganha escala e escopo subsumindo a política social. Prioriza o exame de três setores em particular—previdência, saúde e educação superior—, revelando qual o papel do Estado nesse processo e como os agentes financeiros tornam‑se os gestores do social.

Economia de Francisco no Tucarena

Economia de Francisco

Ao longo da minha vida, já nada curta, participei de dezenas de seminários e congressos sobre os mais variados temas. Nenhum me ensinou e emocionou tanto e me deu tantas esperanças como este, de que podemos fazer uma nova economia, centrada na justiça social, oposta a que vem sendo aplicada na maioria dos países do mundo, Brasil à frente.