Nicholas Stern – Crise financeira e crise climática: desafio e oportunidade – janeiro – 2009

A convergência da crise financeira e da mudança climática pode representar uma oportunidade, através de uma reorientação inteligente dos recursos financeiros. Revendo em 2009 os dados que produziu no Stern Review de 2006 sobre os custos econômicos da mudança climática, Nicholas Stern, no artigo Decision Time, considera que temos ao… Leia mais

A crise financeira sem mistérios – 2009, 30p.

O estranho de uma crise financeira é que somos todos golpeados, mas não entendemos os mecanismos. Alavancagem, derivativos, hedge funds e outros termos misteriosos apenas encobrem a boa e velha esperteza. O artigo apresenta mecanismos, quem ganha, quem perde, quais são as propostas, e sobretudo que oportunidades se abrem para… Leia mais

A crise financeira sem mistérios – 2009, 30p.

O estranho de uma crise financeira é que somos todos golpeados, mas não entendemos os mecanismos. Alavancagem, derivativos, hedge funds e outros termos misteriosos apenas encobrem a boa e velha esperteza. O artigo apresenta mecanismos, quem ganha, quem perde, quais são as propostas, e sobretudo que oportunidades se abrem para se batalhar alternativas mais amplas.
Leia mais

A crise financeira sem mistérios – Fev 2009 (atualização Jul.09)

O estranho de uma crise financeira é que somos todos golpeados, mas não entendemos os mecanismos. Alavancagem, derivativos, hedge funds e outros termos misteriosos apenas encobrem a boa e velha esperteza. O artigo apresenta mecanismos, quem ganha, quem perde, quais são as propostas, e sobretudo que oportunidades se abrem para… Leia mais

A crise financeira tem jeito? – 1998, 36p.

Um pequeno balanço e apresentação do pano de funda da crise financeira que hoje assola o Brasil. O artigo se apoia em publicações recentes da Unctad, e análises de Le Monde Diplomatique. O artigo, inicialmente intitulado A crise financeira tem jeito? foi publicado pela revista PUC Viva, da Puc de… Leia mais

Crise financeira e grandes fortunas dos EUA – outubro – 2012, 1p.

Crise financeira e grandes fortunas dos EUA - outubro - 2012, 1p.
As pessoas não têm ideia, quando se fala de concentração de renda e da crise financeira, da real dimensão das coisas. No gráfico, foi apresentada a evolução nos últimos 30 anos, e a renda em dólares. Basicamente, os 20% mais pobres praticamente não mudaram de situação. Os 60% intermediários mudaram… Leia mais

Crise Financeira: Riscos e Oportunidades – 2009, 25p.

Organizamos no presente estudo, um conjunto de visões em torno de 10 desafios que nos pareceram emergir das discussões do Seminário Internacional sobre o Desenvolvimento organizado pelo CDES (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social) da Presidência da República, em Brasília, no início de março de 2009. Os temas básicos são… Leia mais

Crise Financeira: Riscos e Oportunidades – maio – 2009

Organizamos no presente estudo, um conjunto de visões em torno de 10 desafios que nos pareceram emergir das discussões do Seminário Internacional sobre o Desenvolvimento organizado pelo CDES (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social) da Presidência da República, em Brasília, no início de março de 2009. Os temas básicos são… Leia mais

Crise Financeira Mundial: Impactos Sociais e no Mercado de Trabalho – ANFIP, 2009

O livro apresenta 12 textos, abrindo com a visão de Luiz Gonzaga Belluzzo sobre a Crise Financeira e o Papel do Estado, e com textos de Milko Matijascic, Maria Piñon, Luciana Acioly, Lecio Morais, Marcio Pochmann, Dercio Munhoz, João Sicsú, Denise Gentil, Gilberto Maringoni, Flávio Vaz, Ladislau Dowbor, Juliano Musse, Renaut Michel e Lena Lavinas. Mecanismos financeiros, dinâmicas de outros países e evidentemente os impactos no Brasil são apresentados. O capítulo de Ladislau Dowbor, Navegando na Crise: o potencial das mudanças, é em boa medida propositivo. No conjunto, uma boa visão do processos.
Leia mais

Nota Técnica – Relatório provisório da ONU sobre a Crise Financeira – junho – 2009,16p.

Nota técnica a respeito do relatório provisório divulgado pela Conferência das Nações Unidas sobre a Crise Financeira e Econômica Mundial (junho de 2009). O documento das Nações Unidas, evidentemente bastante geral, define rumos importantes, na medida em que trabalha com uma visão sistêmica (econômica, social e ambiental), com propostas inclusivas… Leia mais

Maria da Conceição Tavares – A crise financeira: duração e impacto no Brasil e na AL – junho – 2009

A visão de Maria da Conceição Tavares é relativamente otimista para o Brasil, mas pessimista no nível global. Apoiando-se em estudo de Eichengreen e O’Rourke, comenta: “Nos últimos nove meses da atual crise a recessão seria tão aguda quanto nos primeiros nove meses depois da Crise de 29 e a… Leia mais

A Crise Financeira Sem Mistérios – fevereiro 2009 (atualização Julho 2009)

O estranho de uma crise financeira é que somos todos golpeados, mas não entendemos os mecanismos. Alavancagem, derivativos, hedge funds e outros termos misteriosos apenas encobrem a boa e velha esperteza. O artigo apresenta mecanismos, quem ganha, quem perde, quais são as propostas, e sobretudo que oportunidades se abrem para… Leia mais

Prosper: desintermediação comercial e financeira (vídeo 15 min.) – Out 2008

“A atividade bancária é essencial, mas os bancos não o são”. Esta é a visão do pessoal que criou Prosper, um sistema baseado na internet onde a atividade de crédito foi desintermediada: um vizinho que tem reservas, e outro que tem necessidades, emprestam um para o outro, e racham o… Leia mais

Luzes da ribalta: a lenta evolução para a transparência financeira – 2013, 3p.

A busca da transparência na divulgação de informações comerciais e financeiras está apenas começando no setor privado em todo o mundo. (L. Dowbor)
Leia mais

Antônio Martins – TMM: As sociedades contra a ditadura financeira – Outras Palavras – 07/02/2020

De vez em quando uma pessoa se sente inspirada, ou várias leituras nela amadurecem, e produz um texto simples e sintético, capaz de exprimir ideias essenciais. É o caso do excelente artigo do Antonio Martins, no Outras Palavras, que junta a nova compreensão sobre o papel da moeda, as deformações que temos de enfrentar e os objetivos estratégicos que podemos adotar. Uma bela leitura, aproveitem!
Leia mais

Como se articulam as diversas crises, ambiental, social e financeira – maio – 2013, 31 min.

O economista Ladislau Dowbor fala sobre a dimensão planetária das várias crises que se interconectam, o poder do capital financeiro e a necessidade de rever os mecanismos de governança global. Entrevista feita por Darlene Menconi e exibida em 2012 pela TV Meio Ambiente.… Leia mais

Que Crise é Esta? 1984

Capítulo Crise: raizes internacionais e dinâmica interna, sobre as relações entre as novas tendências da economia internacional e os reflexos sobre os desequilíbrios estruturais da economia brasileira. colaboram Marcel Bursztyn, Pedro Leitão, Arnaldo Chain (Orgs.), Hélio Jaguaribe, Amilcar Herrera, Rabah Benakouche e outros. Edição Brasiliense/CNPq, São paulo, 1984.
Leia mais

Silvio Caccia Bava – A crise e as oportunidades – junho – 2009

Silvio Caccia Bava contribui com um importante artigo sobre as oportunidades que a crise financeira abre, no sentido de legitimar mudanças mais profundas. Ao articular os desafios de regulação financeira com as exigências de um desenvolvimento sustentável, elabora uma série de propostas. “Hoje, depois de algum alvoroço que pretendia atribuir… Leia mais

Mario Murteira – Seis teses sobre a crise – janeiro – 2009

Artigo bem humorado mais muito objetivo sobre a amplitude de visões que têm de ser recolocadas em questão com a crise financeira global. Murteira já foi ministro do planejamento em Portugal, é um economista de primeira linha. (L. Dowbor)  … Leia mais

Enfrentando a crise global – Dez 2008

Neste documento, um resumo das medidas relativas à prevenção da crise no Brasil (medidas anti-cíclicas). O conjunto é bastante coerente e em grande parte continuista. Em dezembro de 2008, estive numa apresentação deste plano pela ministra Dilma Rousseff na Unicamp, são orientações que me parecem realistas. Como a mídia noticia… Leia mais

Nordeste resiste à crise com bom humor – agosto – 2016

Nordeste resiste à crise com bom humor (LD)
Leia mais

L.Dowbor – Introdução teórica à crise – Brasiliense – 1981, 162p.

L.Dowbor - Introdução teórica à crise - Brasiliense - 1981, 162p.
Ensaio teórico sobre o núcleo dos nossos desequilíbrios econômicos, sociais e políticos, a desigualdade. O pior, é que em termos econômicos a desigualdade funciona. Se a renda é muito concentrada, ampliando o consumo de luxo, os processos produtivos se adaptam, e produzem de acordo com o perfil de consumo dos mais ricos. O capitalismo se organiza em função da capacidade aquisitiva, e não das necessidades. Hoje, em 2012, isto se traduz por exemplo na expansão dos medicamentos para idosos de alto poder aquisitivo, e pouquíssimo investimento em medicamentos para a malária e outras doenças de pobres. Investe-se em hospitais de cinco estrelas, e muito pouco em saúde preventiva. Mas disto resulta um desenvolvimento dito de "base estreita", politicamente cada vez mais instável. O presente ensaio foi escrito em 1980, há trinta anos. O seu interesse hoje reside essencialmente na visão desta discussão numa perspectiva histórica. E o drama da desigualdade, que hoje numerosos países tentam enfrentar, continua no centro do embate. Não haverá equilíbrio enquanto não adotarmos sólidos sistemas de redistribuição de renda, e consequente mudança dos sistemas produtivos.
Leia mais

As oportunidades na crise: O pacto contra a desigualdade na América Latina – 2011, 43p.

A construção dos novos rumos na América Latina na última década tem demonstrado que a ampliação das políticas sociais dinamiza a economia pela base, e que as demandas ambientais podem constituir um poderoso vetor de introdução de tecnologias modernas e de uso inteligente dos recursos. Uma nova onda de políticas inclusivas e sustentáveis, ainda que incipiente, traz assim no seu bojo a refutação de teorias que se apoiaram mais no oportunismo político do que em fatos, mais em complexidades matemáticas do que em solidez científica. E mais: a opção pelo desenvolvimento inclusivo e sustentável pode constituir-se na grande alavanca de um salto da América do Sul para formas inovadoras de gestão econômica e social. Pesquisa realizada no quadro da Cátedra Unesco da UFRJ, coordenada por Theotonio dos Santos.(L. Dowbor)
Leia mais



© 2020 Ladislau Dowbor. Criação WowBrazil | Tema original Feelsen por Sérgio Vilar