A era digital e o trabalho bancário
Menu
SHARE
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

A era digital e o trabalho bancário

A atividade bancária mudou, e a presente coletânea ajuda muito a entender as transformações dessa área essencial do nosso cotidiano econômico.
a era digital
Autor
Jefferson José da Conceição, Cláudio Pereira Noronha (org.)
Tamanho
465 páginas
Editora
Ano
2020
ISBN
978-65-89139-01-0
a era digital
Autor
Jefferson José da Conceição, Cláudio Pereira Noronha (org.)
Tamanho
465 páginas
Editora
Ano
2020
ISBN
978-65-89139-01-0

Explorar o que acontece com a atividade bancária é essencial. Os tempos estão mudando. O dinheiro era impresso pelo governo, e o guardávamos nos bancos, cujo símbolo era o cofre, enorme e poderoso, onde se guardava o estoque de moeda.

Na mesinha de atendimento individualizado, negociava-se o nosso empréstimo ou os nossos dramas. O dinheiro era concreto, papel e moedas, e o atendimento era feito por pessoas. Hoje, 97% do dinheiro, da chamada liquidez, são sinais magnéticos, anotações imateriais nos computadores. Nos raros atendimentos telefônicos, uma voz gravada nos informa que esta ligação é muito importante para um misterioso “nós”.

A atividade bancária mudou, e a presente coletânea ajuda muito a entender as transformações dessa área essencial do nosso cotidiano econômico.

Contribui para esse estudo com o prefácio e o artigo Fluxo Financeiro Integrado (parte 1, página 3).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Assine a newsletter e faça parte da nossa comunidade.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.