👏  Seja bem-vindo(a) ao nosso novo site! O site antigo ainda pode ser acessado aqui. Leia sobre o novo design do site e envie a sua opinião.
O site antigo ainda pode ser acessado aqui.
A distância que nos une – Oxfam Brasil, setembro de 2017, 94p.
Menu
SHARE
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

A distância que nos une – Oxfam Brasil, setembro de 2017, 94p.

Autor
Ladislau Dowbor
Tamanho
94 páginas
Editora
Ano

relatorioSaiu finalmente o esperado estudo da Oxfam sobre desigualdade no Brasil: “A distância que nos une”, Oxfam Brasil, setembro de 2017 (94p).

Seis brasileiros dispõem de mais riqueza do que a metade mais pobre da população, e 5% dispõem de uma fatia de renda maior do que os 95% seguintes. O relatório cobre renda, riqueza e acesso aos serviços essenciais.

A desigualdade para nós não é apenas uma vergonha em termos éticos, como é insustentável em termos políticos (os sucessivos golpes sempre tiveram esta origem), e é absurda em termos econômicos pois nada estimula a economia como a inclusão do andar de baixo.

Leitura essencial para entendermos tanto os nossos dramas como os nossos rumos.

Confira a íntegra do documento clicando em: https://dowbor.org/wp-content/uploads/2017/09/Relatorio_A_distancia_que_nos_une.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Receba recomendações de leitura no seu email.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.
Resenhas
Dag Oistein Endsjo
– 15 de maio, 2014
– 373p.
Esse livro é um estudo em profundidade de como o uso político e comercial da nossa intimidade espiritual e amorosa se manifesta nas diversas religiões e em diversas épocas, nos ajuda a entender as dinâmicas sociais e políticas no sentido mais amplo. Muito bem escrito e traduzido, leitura que flui. Vale a pena.
Resenhas
OECD
– 26 de outubro, 2020
– 254p.
Está disponível o amplo relatório A Caminho da Era Digital no Brasil, elaborado pela OCDE, que aponta os atrasos, avanços e caminhos para o que constitui o principal vetor de transformação estrutural da economia e da sociedade no mundo.
Assine a newsletter e faça parte da nossa comunidade.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.