👏  Seja bem-vindo(a) ao nosso novo site! O site antigo ainda pode ser acessado aqui. Leia sobre o novo design do site e envie a sua opinião.
O site antigo ainda pode ser acessado aqui.
Fábio Konder Comparato – A civilização capitalista – editora Saraiva, São Paulo, 2013 ISBN 978-85-02-20034-0, 312p.
Menu
SHARE
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Fábio Konder Comparato – A civilização capitalista – editora Saraiva, São Paulo, 2013 ISBN 978-85-02-20034-0, 312p.

Autor
Ladislau Dowbor
Tamanho
312 páginas
Editora
Ano

Dos mercadores de Veneza aos especuladores dos hedge funds e dos paraísos fiscais, com a crise financeira atual, traça uma visão muito mais ampla do tradicional conceito de modo de produção que utilizamos na economia. E no centro, este é pelo menos o sentimento que resulta da leitura, o problema da ética, denominador comum de tantas tomadas de posição do autor.

 

“Há sempre um mínimo de sensibilidade emocional, que comanda a vontade do agente. Em suma, o juízo ético não é feito somente de razão, mas também de indignação e vergonha, de ternura e compaixão.” (19) Esta “releitura” do capitalismo como sistema no sentido amplo, de sistema histórico, se acompanha de referências aos grandes autores, cientistas e outros transformadores que balizaram a nossa evolução nos últimos séculos. Com isto, tantos nomes que estudamos na escola sem entendê-los, adquirem nova dimensão, passam a tomar sentido, e com isto iluminam o nosso futuro.

 

É uma visão progressista. Tanto no desvendar dos mecanismos do capitalismo realmente existente – a falsa visão de um capitalismo submetido a mecanismos de mercado, o peso dos sistemas especulativos, a apropriação dos processos políticos – como na apresentação de visões propositivas na parte final do trabalho: os desafios ambientais, da reforma tributária, do acesso democrático à informação, dos sistemas de controle popular, dos mecanismos internacionais de concertação.

 

Já foi declarado o fim da história por uns, ou que não há alternativas. Felizmente, a história continua, e há muitas alternativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Receba recomendações de leitura no seu email.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.
Resenhas
Dag Oistein Endsjo
– 15 de maio, 2014
– 373p.
Esse livro é um estudo em profundidade de como o uso político e comercial da nossa intimidade espiritual e amorosa se manifesta nas diversas religiões e em diversas épocas, nos ajuda a entender as dinâmicas sociais e políticas no sentido mais amplo. Muito bem escrito e traduzido, leitura que flui. Vale a pena.
Resenhas
OECD
– 26 de outubro, 2020
– 254p.
Está disponível o amplo relatório A Caminho da Era Digital no Brasil, elaborado pela OCDE, que aponta os atrasos, avanços e caminhos para o que constitui o principal vetor de transformação estrutural da economia e da sociedade no mundo.
Assine a newsletter e faça parte da nossa comunidade.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.