Hazel Henderson – Green Transition Scoreboard 2012 – Expansão dos setores de economia limpa – 2012, 22p.
Menu
SHARE

Hazel Henderson – Green Transition Scoreboard 2012 – Expansão dos setores de economia limpa – 2012, 22p.

Autor
Ladislau Dowbor
Tamanho
22 páginas
Originalmente publicado
Data

Hazel Henderson organizou o seguimento do deslocamento de investimentos para tecnologias mais sustentáveis. No conjunto, apesar da crise financeira global, e em boa parte até por causa dela, investir em políticas de longo prazo aparece como uma opção interessante inclusive do ponto de vista estritamente econômico. Gerar energias sustentáveis, por exemplo, é em todo caso mais confiável em termos de retorno. O Green Transition Scoreboard, GTS, que acompanha esta “transição” para a sustentabilidade,nos dá uma dimensão deste processo. De 2007 a 2011 orientaram-se para iniciativas sustentáveis 3,3 trilhões de dólares, dos quais 1,8 trilhões em energia. São recursos elevados e que crescem regularmente nos últimos anos. É uma guinada muito significativa, ainda que não altere o sistema no seu conjunto. (L. Dowbor)

[gview file=”https://dowbor.org/wp-content/uploads/2012/05/12HazelGreen-Transitiont.pdf” height=”400″ width=”98%” save=”1″]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja Também

Receba recomendações de leitura no seu email.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.
Artigos Recebidos
Oxfam
– 18 de janeiro, 2023
– 58p.
A Oxfam, organização muito confiável, apresenta um excelente estudo sobre a desigualdade, as suas manifestações e o agravamento radical recente. O documento foi lançado por ocasião da reunião do Fórum Econômico de Davos 2023 e defende o aumento na tributação dos super-ricos para recuperar parte dos ganhos obtidos por meio de lucros excessivos durante a crise iniciada com a pandemia de covid-19.
Artigos
Ladislau Dowbor
– 15 de dezembro, 2022
– 4p.
Multiplicam-se desejos e experimentos de vida livre do inferno mercantil. Novas construções teóricas avançam. Mas a máquina de alienação gira cada vez mais rápido – e coloca o indivíduo solitário como herói. Quem colapsará primeiro?
Assine a newsletter e faça parte da nossa comunidade.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.