👏  Seja bem-vindo(a) ao nosso novo site! O site antigo ainda pode ser acessado aqui. Leia sobre o novo design do site e envie a sua opinião.
O site antigo ainda pode ser acessado aqui.
O professor frente à propriedade intelectual – 2011, 6p.
Menu
SHARE
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

O professor frente à propriedade intelectual – 2011, 6p.

Autor
Ladislau Dowbor
Tamanho
6 páginas
Originalmente publicado
Data

Cansado das declarações empoladas e de indignações capengas, resolvi apresentar alguns exemplos práticos de como funcionam as coisas na minha área, na universidade. A ideia básica, é de que simplificações ideológicas e discursos irritados estão frequentemente baseados em desconhecimento dos mecanismos. Antes de pensar em perversidade, vale a pena dar uma boa chance à falta de informação. (L.Dowbor)

Acessem em:

https://dowbor.org/wp-content/uploads/2011/08/3078-Texto-do-artigo-11116-1-10-20151028.pdf

Também disponível em:

https://diplomatique.uol.com.br/artigo.php?id=1033

https://www.snesup.pt/htmls/EFkuFAkVEFWiofSgQz.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Receba recomendações de leitura no seu email.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.
Artigos
Ladislau Dowbor
– 9 de agosto, 2021
– 1p.
A key issue in increasing profits through salaries is the creation of jobs. But productive investment or job creation are not required to raise rent generated by debt, dividends, real estate speculation and the like. This breaks down the essence of what we knew as capitalism, where profits came from production, wages were raised to provide demand, and taxes paid for infrastructure, social policies, and overall governance. It changes the nature of capital accumulation, which is the essence of capitalism. Can the fact that BlackRock manages assets worth 8.7 trillion dollars, five times the GDP of Brazil, be overlooked?
Artigos
Ladislau Dowbor
– 22 de julho, 2021
– 5p.
Quem diria: nos próprios EUA, a ideia de que os Estados “só podem gastar o que arrecadam” – mito central da ditadura financeira – balança. Abre-se espaço para a mudança, começando por serviços públicos de excelência e Renda Básica.
Assine a newsletter e faça parte da nossa comunidade.
Nós não compartilhamos o seu email com ninguém. Você receberá em média um email por mês.