Acontecendo agora

Os novos indicadores de riqueza (tradução de “Les nouveaux indicateurs de richesse”)

Jean Gadrey, Florence Jany-catrice, Editora Senac www.editorasenacsp.com.br , São Paulo, 2006, 159 p. , 85-7359-492-6. Finalmente temos a tradução, editada pelo SENAC. Escrevi um pequeno prefácio para esta edição. O comentário abaixo foi feito no anos passado, ainda sobre o original francês. O PIB não mede o bem-estar. Esta constatação… Leia mais

Confessions of an Economic Hit Man (Confissões de um agressor econômico) -John Perkins, Berrett-Koehler, San Francisco, 2004, 250 p., 1-57675-301-8

John Perkins faz parte de uma geração de autores que denunciam o funcionamento do sistema neo-liberal, mas que não vêm da esquerda: são pessoas cuja revolta surge justamente do fato de entenderem profundamente como o sistema funciona. E entendem profundamente porque a ele pertencem, ou pertenceram. Perkins trabalhava na MAINE,… Leia mais

Born to Buy:The commercialized child and the new consumer culture (Nascido para comprar: a criança comercializada e a nova cultura do consumidor) – Juliet B. Schor, Simon & Schuster, New York, 2004, 0-684-87055-X – “Nascidos para Comprar” (Ed. Gente).

Juliet Schor é economista, e produziu tres livros absolutamente notáveis por sua simplicidade, profundidade e riqueza de base empírica. O primeiro, The Overworked American, analisou em 1992 como os americanos trabalham, e mostrou os impactos de uma sociedade onde o lazer desaparece e a corrida atrás do dinheiro torna-se uma… Leia mais

A economia da fraude inocente – (The Economics of Innocent Fraud) – John Kenneth Galbraith, Companhia das Letras (em inglês Houghton Mifflin Cy, New York, 2004), São Paulo, 2004, 0-618-01324-5

A economia se tornou um universo de faz de conta, Alice no País das Maravilhas, ou jogo de sombras de Adeus Minha Concubina, ou ainda o mito das cavernas de Platão. Escolha o leitor a imagem que preferir, o essencial é que o sistema que vemos nas teorias oficiais não… Leia mais

Desenvolvimento includente, sustentável e sustentado – Prefácio de Celso Furtado – Ignacy Sachs, Garamond/Sebrae, Rio de Janeiro, 2004, 85-7617-04-X

Ignacy Sachs é um velho teimoso, destes que não largam a sua paixão por melhorar as coisas, por ser útil. Os seus trabalhos não são pesadamente acadêmicos, são eminentemente práticos no melhor sentido: nada mais prático do que uma boa teoria. Neste livro pequeno e de fácil leitura, Sachs, profundo… Leia mais

Informação para a cidadania e o desenvolvimento sustentável – 2004 – 16p.

Os instrumentos de informação e de comunicação estão sendo revolucionados, e abrem perspectivas impressionantes para a racionalização das atividades econômicas e sociais. Todas as instituições produzem hoje um manancial de informações. Entre compêndios de estatísticas e o dilúvio de informações fragmentadas na mídia, continuamos essencialmente confusos. Trata-se de identificar instrumentos… Leia mais

Formação de Educadores para o Terceiro Setor

Deivis Perez Bispo dos Santos – Formação de Educadores para o Terceiro Setor – Dissertação de Mestrado no mestrado em Educação, Arte e História da Cultura na Universidade Mackenzie, Setembro de 2004, 177 p. – orientação do prof. Marcos masetto, banca profa. Elsa Garrido e prof. Ladislau Dowbor – dissertação… Leia mais

The Corporation

The Pathological Pursuit of Profit and Power Joel Bakan, Free Press (Simon and Schuster) www.thecorporation.tv , New York, 2004, 0-7432-4744-2 Trata-se de um livro e de um filme, pois sobre a base do livro de Joel Bakan foi produzido um documentário de 1:20h. Ambos de primeira qualidade. Primeiro, sobre o… Leia mais

The Future of Ideas – The fate of the commons in a connected world – Lawrence Lessig, Random House, New York, 2001 – Disponível gratuitamente online em http://www.the-future-of-ideas.com/download , 0-375-50578-4

Lawrence Lessig nos traz uma análise sistemática e equilibrada de um dos maiores desafios que hoje enfrentamos: a gestão da informação e do conhecimento. Tivemos recentemente outro livro de excelente qualidade, de Jeremy Rifkin, A Era do Acesso, também resenhado nesta página. O livro de Lessig, no entanto, focando de… Leia mais

Les placements ethiques (Aplicações financeiras éticas) – Comment placer utilement son argent (como aplicar o seu dinheiro utilmente) – Alternatives Economiques, www.alternatives-economiques.fr , Paris, 4, 2003, ISSN 1291-1704

Fazer política sempre foi visto por nós como atividade muito centrada no voto, no partido, no governo. Mais recentemente, surgiram atividades em que a sociedade civil organizada arregaça as mangas e assume ela mesma uma série de atividades, em geral de cunho social, como por exemplo a Pastoral da Criança,… Leia mais

Rompendo a Cerca

A História do MST Sue Branford e Jan Rocha, Casa Amarela, São Paulo , Edição brasileira de Cutting the Wire, 2004, 85-86821 51 9 Duas jornalistas britânicas escreveram um relatório sobre o MST, dando-nos acesso a uma visão que contrasta radicalmente com as bobagens de tom fanático que encontramos nos… Leia mais

Entrevista: Poder Local – No vácuo do Estado – 2004,14p.

Entrevista de Ladislau Dowbor, por Érico Firmo, para a revista Poder Local (Revista de Políticas e Gestão Pública), sobre o processo integrado de globalização de um lado, e localização de outro. A entrevista (extensa, são 13 p. da revista) pode ser obtida também em www.poderlocal.com.br – A própria revista constitui… Leia mais

All the Shah’s Men

An American Coup and the Roots of Middle East Terror Stephen Kinzer, Wiley and Sons, New Jersey, 2003, 0-471-26517-9 No ano 2000, 47 anos depois de terem organizado o golpe contra o então primeiro-ministro do Irã, os Estados Unidos reconheciam, através de pronunciamento oficial e cuidadosamente formulado da Secretária de… Leia mais

Administrar a Metrópole: um desafio sempre adiado – 2004,4p

O gigante que é a região metropolitana de São Paulo tem 18 milhões de habitantes, e os seus 39 municípios cobrem uma área quase do tamanho do Líbano. Administrar São Paulo, é administrar um país. A Suiça tem 7 milhões de habitantes. A fragmentação da gestão metropolitana gera discontinuidades no… Leia mais

Para onde vai o nosso tempo? Estudo exploratório sobre a utilização do tempo livre

Dissertação de mestrado em Administração, PUC-SP, Abril2004, 192 p. – Orientação prof. Ladislau Dowbor – dissertação disponível em posadm@pucsp.br ou com o autor (11) 9129.2019 e mtfonsec@unimep.br O tempo é o nosso recurso mais precioso, e não é renovável. É o tempo da nossa vida. É amplamente desperdiçado, vendo programas… Leia mais



Parceiros

© 2018 Ladislau Dowbor. Criação WowBrazil | Tema original Feelsen por Sérgio Vilar