Artigos por Ladislau Dowbor

Produtores, intermediários e consumidores: o enfoque da cadeia de preços – outubro – 2013,16p.

As cadeias produtivas tornam-se cada vez mais complexas, com diversas etapas da produção pertencendo frequentemente a diferentes grupos econômicos, e situados em diferentes regiões ou países. Entre a base produtiva e o consumidor final, acumulam-se diferentes níveis de intermediação comercial, financeira e jurídica, obscurecendo como as diversas etapas da cadeia produtiva se refletem no valor agregado e no preço do produto. A proposta do presente artigo é de se proceder ao reforço das análises da cadeia de preços, de forma a ter uma visão melhor de onde se gera a inflação, onde se situam os gargalos de oligopólios, e como se geram os movimentos pro-cíclicos que ampliam as crises. (L. Dowbor)
Leia mais

Ladislau Dowbor – Die Krise aus globaler Sicht und ihre Bedeutung für Brasilien – Oktober – 2013, 22p.

Die globale Krise stellt uns vor eine Reihe von Herausforderungen, die auch als Chancen verstanden werden können. Dieser Artikel spricht sechs davon an, die sowohl global als auch für Brasilien von besonderer Bedeutung sind: Die Neudefinition des energetisch- produktiven Paradigmas, den Kampf gegen die sozialen Unterschiede, die Wiederherstellung der zentralen Rolle des Staates, die Neuausrichtung der Kredite auf produktive und sozial nützliche Aktivitäten, die Ankurbelung der Wirtschaft. (L. Dowbor)
Leia mais

Ladislau Dowbor – Livro: Tecnologias do conhecimento: os desafios da educação – (Versão atualizada) – Vozes – 2013, 56p.

Nova versão atualizada em outubro de 2013. Este pequeno livro examina de maneira sistemática os diversos impactos que as novas tecnologias do conhecimento têm sobre o universo da educação. Estamos evoluindo rapidamente para um mundo onde o conhecimento desempenha o papel principal. Tudo evolui hoje sob o impulso de novas tecnologias. Com isto o papel das instituições de ensino torna-se muito mais central, mas exige articulações muito mais intensas com outros sistemas que lidam com conhecimento. É muito mais que tecnologia. http://www.vozes.com.br (L. Dowbor)
Leia mais

Ladislau Dowbor – Comparative development Poland Brazil – setembro – 2013 (trzy teksty 9 str., 51str. i 34 str.)

Poland and Brazil have much in common, but an interesting development is that they are two countries that best resisted the ups and downs of the 2008 financial crisis, based on a better balance between economic and social policies. In a visit to Poland in 2013, we decided with some friends to compare these recent policies to see what they had in common. In fact they do have, quite a lot. You will find below three papers. The first one, by L. Dowbor, in English, 9p., comparing the two experiences, seen from Brazil but reacting to the second paper, in Polish, produced by Arleg (51p.), which presents key characteristics of the recent Polish economic policy. The third paper, by L. Dowbor in Polish, was produced for the Brazilian government (34p.), suggesting a strategy for the decade.(L. Dowbor)
Leia mais

Ladislau Dowbor – Redes culturais: desafio à velha indústria da cultura – setembro – 2013, 6p.

Estamos na era digital, da conectividade planetária, mas carregamos uma herança de sistemas de produção cultural e jornalística essencialmente controlados por gigantes da intermediação, a chamada indústria cultural e o oligopólio da mídia. Adotaram tecnologias digitais nas imagens, mas como cultura organizacional seguem na era analógica. (L. Dowbor)
Leia mais

Ladislau Dowbor – Polityka – 1 września 2011 – 4 str.

Rozmowa Jacka Żakowskiego z Ladisaluem Dowborem została opublikowana w 35 numerze POLITYKI. Przedstawiamy rozszerzoną wersję tekstu. (L. Dowbor)
Leia mais

Desabafo sobre o ‘mensalão’ – setembro – 2013, 1p.

O que fica claro para mim é que o que a direita não conseguiu ganhar no voto tenta ganhar nesta aliança de uma mídia comercial desqualificada com um segmento do poder judiciário. Quando gritam “pega ladrão”, eu começo dando uma boa olhada em quem está gritando. (L. Dowbor)
Leia mais

L. Dowbor – Hannah Arendt: Banalność zła, poza filmem – 2013, 4str.

Kolejny fanatyzm polityczny nie będzie nosił wąsików ani butów wojskowych i nie będzie wykrzykiwał Heil, jak czynią to idioci-skinheadzi. Chodził będzie w garniturze, nosił krawat i posługiwał się multimediami. Z pewnością będzie starał się zaprowadzić reżim totalitarny, ale będzie czynił to w imię demokracji, a nawet praw człowieka.(Hannah Arendt, film fabularny, reż. Margarethe von Trotta, 2012. Premiera w Polsce w styczniu 2014 r. - Tłum. Z. Kowalewski) (L. Dowbor)
Leia mais

A difícil democracia na América Latina – setembro – 2013, 3p.

Por trás de cada atentado, de cada figura heróica que tentou trazer uma vida decente, democracia e justiça social para o seu povo, os Allende, Lumumba, Cabral, Arbenz, Luther King e tantos outros, se ergue uma imensa muralha de hipocrisia, de justificativas absurdas para o eterno adiamento da democratização efetiva das nossas sociedades. (L. Dowbor)
Leia mais

A revolução do conhecimento. Entrevista do IHU com Ladislau Dowbor – agosto – 2013, 7p.

A Unisinos é uma universidade comunitária situada em S. Leopoldo, perto de Porto Alegre. Faz um trabalho muito interessante de noticias on line, divulga muito material cientifico. A entrevista abaixo faz parte da preparação do evento internacional sobre inovação que estão preparando para 2014. O tema é a economia da inovação (L. Dowbor)
Leia mais

Economic Democracy – Meeting Some Management Challenges: Changing Scenarios in Brazil – Problemy Ekorozwoju – july – 2013, 18 str.

Orthodoxy is failing, both in the traditional statism and the free-market approaches. Inequality is becoming a key issue world-wide, aggravated by environmental dramas and the financial chaos. The Brazilian approach can be seen as basically pragmatic. It is reducing inequality through simple measures, which are expanding internal consumption, and opening new opportunities for business and jobs. Financial support is not going to banks, but to productive sectors most hit by the international turmoil, and this is maintaining low unemployment. Environmental issues, particularly the destruction of the Amazon forest, are being faced through strong support for the greening initiatives, and social infrastructure in cities. However fragile in this international context, this down- to-earth approach brings lessons that can be useful to consult. (L. Dowbor)
Leia mais

Ser jovem não é fácil – junho – 2013, 4p.

Não tenho aqui a pretensão de explicar a juventude, nem de dar conselhos sobre os movimentos. Mas o contexto dá para delinear. Há tempos ajudei a organizar um livro para as Nações Unidas, Cities for Children, ou seja, cidades para crianças. Recusaram o título que eu propus inicialmente, que era “Administrando as Cidades como se as Crianças fossem Importantes”. [1] A realidade é que crianças e jovens representam um terço da população, mas as políticas urbanas foram organizadas para a faixa etária superior, e para as elites. Não se trata de 20 centavos, trata-se de um saco cheio generalizado com o caos urbano gerado, que transtorna a qualidade de vida das pessoas, e dos jovens em particular. (L. Dowbor) - - - - - - - - - [1] Cities for Children, ideias sobre como poderiam ser organizadas as cidades se levássemos em conta as crianças. Sheridan Bartlett et al., Cities for Children, Earthscan, London 1999 www.earthscan.co.uk
Leia mais

A Economia da Família – 2013, 20p.(Versão revista e atualizada do texto de 2003)

A família pode ser vista como unidade de reprodução econômica: pais sustentam os filhos e os idosos, e serão por sua vez sustentados. Hoje, com a desarticulação da família, fragilização do Estado e privatização dos serviços sociais, é o próprio processo de redistribuição do excedente social entre gerações que se vê prejudicado. A dinâmica econômica ajuda a entender os impactos muito mais amplas como a tensão entre gerações, redução da sociabilidade e o sentimento crescente de angústia que se generaliza. Publicado no livro "Família: Redes, Laços e Políticas Públicas", organizado por Ana Rojas Acosta e Maria Amalia Vitale, IEE/PUC-SP, São Paulo 2003, http://www.pucsp.br/iee/ e iee@pucsp.br (L. Dowbor)
Leia mais

Entrevista com Ladislau Dowbor sobre tributação para portal Panorama Mercantil – maio, 2013, 9p.

Nessa entrevista concedida ao portal Panorama Mercantil, o prof. Ladislau Dowbor faz duras críticas a mídia global, dizendo que ela atua na desinformação dos processos relativos à economia. Nas diversas áreas, em particular no que se refere aos juros e outros mecanismos financeiros, a desinformação impera. A entrevista toca várias dinâmicas da conjuntura econômica atual. (L. Dowbor)
Leia mais

Entrevista com L. Dowbor – Quem tem medo da reforma tributária – maio – 2013, 4p.

A financeirização das atividades econômicas levou à generalização das atividades especulativas e do rentismo, com particular gravidade no caso do Brasil. Com a fragilidade das finanças públicas, o desvio do uso das poupanças privadas pelo sistema bancário comercial, e a passividade dos bancos centrais na regulação do sistema de intermediação financeira – a herança do princípio da “autonomia do Banco Central” – orientar os recursos em função das necessidades do desenvolvimento torna-se um dos principais eixos de enfrentamento. (L. Dowbor)
Leia mais



Parceiros

© 2017 Ladislau Dowbor. Criação WowBrazil | Tema original Feelsen por Sérgio Vilar