Bons Filmes

Documentário Brasil, o grande salto para trás – Brésil, Le grand bond en arrière – Frédérique Zingaro e Mathilde Bonnassieux – 2017 – 55 min. (legendado)

Documentário europeu sobre o golpe no Brasil e o atraso social, econômico e político que está sendo gerado. Independentemente de firulas jurídicas e aparências de ritos legais, o fato é que assumiu o poder e toma medidas absurdas um governo com 3% apenas de aprovação. No plano internacional a compreensão está finalmente se enraizando, de que um governo que toma medidas antipopulares e com esse nível de rejeição confirma a violação de procedimentos democráticos e caracteriza um golpe jurídico-parlamentar. Se não é golpe na origem, é golpe nos resultados. O silêncio das panelas é impressionante.
Leia mais

Silvio Tendler – Privatizações: a Distopia do Capital – 2014 – 1h

Documentário questiona qual é o modelo econômico que o país quer construir para o futuro. O objetivo do cineasta é trazer para o debate público os discursos hegemônicos que permeiam as políticas econômicas, além de traçar um panorama histórico dos processos de privatizações que o país sofreu. Como Tendler observa, seus filmes têm a preocupação de refletir sobre o futuro. Neste caso, a ideia é discutir a possibilidade de reconstrução do Estado brasileiro.
Leia mais

Antonio Guterres – Financing the 2030 Agenda Event – 18 September, 2017 – 5 min.

Fala de cinco minutos do Secretário Geral da ONU, Antonio Guterres, sobre o sistema financeiro: "Frente ao imperativo dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o sistema financeiro global de hoje, que gerencia cerca de 300 trilhões de dólares em ativos financeiros em nosso nome coletivo, simplesmente não é adequado para o propósito " (20.09.2017, 2 min 30 seg). No original: “Set against the imperative of Sustainable Development Goals, today’s global financial system which manages some 300 trillion dollars in financial assets in our collective behalf is simply not fit for purpose” (20.09.2017, 2 min 30 seg).
Leia mais

Lições da Finlândia – Claudia Wallin – setembro 2015 (7 min.)

Reportagem de Claudia Wallin sobre o sistema educacional da Finlândia, publicada no Diário do Centro do Mundo. Confiram também resenha nossa sobre o livro de Pasi Sahlberg (Finnish Lessons – What can the world learn from educational change in Finland) em Dicas de Leitura. Precisamos entender o que funcionou lá, por quais razões e em que condições, de forma que possamos pensar de maneira criativa o que se aplica e o que não se aplica ao nosso caso.
Leia mais

13th Amendment de Ava DuVernay

Um documentário extremamente bem realizado e realista sobre como se expressa e se organiza o racismo no Estados Unidos. Uma visão histórica de como se desenvolveram os movimentos e uma análise estrutural sobre o racismo em um país que tem 5% da população mundial, 25 % da população carcerária do mundo, dos quais ampla maioria é composta por homens jovens e negros. No pano de fundo, a obviedade de que as chamadas "minorias" já se tornaram maiorias no país. O que pensará a minoria branca? Um choque de realismo e excelente realização técnica e científica. Está passando no Netflix.

Nick Hanauer sobre como dinamizar a economia (TED Talks, 6 min., em inglês bem claro)

Nick Hanauer é um empresário, multibilionário, que se autodefine como um plutocrata. Mas é um plutocrata consciente que traz o argumento mais óbvio e mais comprovado de toda a economia: não é a riqueza no topo que gera empregos, investimento e desenvolvimento, e sim a renda distribuída, a elevação do salário mínimo, as políticas públicas, que ampliam a demanda. E quando a demanda se amplia, haverá quem invista para preenchê-la, criando produtos, empregos e mais investimentos. Hanauer inverte o raciocínio dos ricos, e ajuda a entender o principal mecanismo que rege a economia. O capitalismo, segundo Hanauer, criou hoje "uma sociedade rentista neo-feudal". (Há também uma versão mais ampla de 20 min.)

12 vídeos sobre Cidades Sustentáveis – julho – 2016

O Programa Cidades Sustentáveis gravou, em maio de 20013, 12 vídeos didáticos, de 14 min, abordando os eixos críticos da gestão municipal em uma visão participativa. Esses vídeos abordam, por exemplo, como organizar o planejamento, os indicadores municipais, as finanças locais e assim por diante. Trazem, também, entrevistas com pessoas de amplo conhecimento e experiência nas diversas áreas. Ótimas ferramentas de trabalho.
Leia mais

Ladislau Dowbor – Imagens do Passado e do Futuro – maio – 2016, 8p.

Cinema também é ciência. A mostra Ecofalante de documentários ambientais nos traz imagens do nosso mundo em caótica transformação. Aqui escrevi um pouco sobre o contexto das mudanças, e impressões dos filmes que me pediram para pre-assistir. Há muita criatividade cinematográfica, que raramente aparece nos cinemas ou na TV. ( L. Dowbor)
Leia mais

Filme – A Corporação (2003) – jan – 2016, 2h25

A Corporação continua a ser o melhor documentário para entender como funciona o mundo corporativo transnacional, que hoje constitui a força econômica e política maior do planeta. Apoiado em ampla pesquisa, o filme permite dar um salto de compreensão dos mecanismos econômicos em geral, em particular na sua dimensão de poder. As corporações se organizam em escala planetária, enquanto o poder dos governos está fragmentado em 195 países: na prática, o descontrole se generalizou. Veja o filme, legendado, e utilize em aulas ou reuniões. Ótima ferramenta, além de ser simplesmente gostoso de ver. (L. Dowbor)
Leia mais

The U.S. School That Trains Dictators & Death Squads – dezembro – 2015, 28 min.

Um importante documentário histórico sobre como funciona a School of Americas, SOA, de Fort Benning, nos EUA, e o sistema de treinamento de técnicas de tortura e de formação em repressão interna. São 28 min., em inglês fácil de entender, e como documento é importante, são coisas que não aparecem na mídia. E não é apenas o passado. (L. Dowbor)
Leia mais

Entrevista com Stiglitz na TV Brasil: uma visão realista sobre a crise – novembro – 2015, 1h

Uma entrevista de excepcional importância de Joseph Stiglitz, "Nobel" de economia e ex-economista chefe do governo Clinton, sobre a situação econômica atual nos Estados Unidos e no Brasil, focando em particular os problemas da desigualdade, e no caso brasileiro a situação surrealista dos juros. O vídeo completo está também disponível na TV Brasil/Espaço Público. (L. Dowbor)
Leia mais

Chomsky & Cia – Filme sobre como se “fabrica” o consenso pela mídia e outras ferramentas – 1:51h

Um documentário (longa) de primeira importância sobre como se modelam os comportamentos e as visões da sociedade, no quadro do que se chamou de "fábrica do consenso". Apresenta, com entrevistas de Noam Chomsky e outros, como foram sendo popularizadas ou deformadas as grandes visões que a sociedade passou a aceitar como naturais ou evidentes. Isto envolve desde as campanhas para popularizar o cigarro entre mulheres em nome da sua libertação, até as justificativas da guerra (do Vietnã ao Iraque), e as campanhas mais recentes para travar o acesso universal à saúde e outras campanhas, hoje coordenadas por grandes empresas de opinião pública. Nesta era da comunicação, é um documento fundamental para entender o que acontece no mundo. O fato da TV Escola apresentar este file é uma conquista importante. (L. Dowbor)
Leia mais

Four Horsemen – Os quatro cavaleiros – The Renegade Economist, 2012 – 1:38h. (legendado)

Os grandes filmes científicos estão contribuindo para reorientar a nossa visão do mundo. Documentários como A Corporação, Trabalho Interno, Uma verdade Inconveniente e outros nos permitem ampliar radicalmente a compreensão das transformações planetárias em curso. Os Quatro Cavaleiros é uma obra prima, trabalho do The Renegade Economist. Partindo da lenda dos cavaleiros da apocalipse da bíblia, reconstituem aqui os desafios humanos, muito além da economia, e as alternativas para uma sociedade mais decente. Agradeço ao Cello Moisés por ter me enviado o link. Um trabalho bem feito é muito gostoso de ver. (L.Dowbor)
Leia mais

Escuadrones de la muerte. La escuela francesa – outubro – 2013, 1h.

Há um hiato de conhecimento entre os que viveram os efeitos mais duros da opressão política e policial, e a população em geral, inclusive pessoas normalmente bem informadas. Quem praticou tortura nega, quem as sofreu raramente fala. No ciclo de ditaduras vivido no final do século na América Latina, apenas agora surgem os dados. Por exemplo como se organizaram, formaram e financiaram os esquadrões da morte, como funcionavam os centros de interrogatórios, que assessoria técnica internacional era disponibilizada. Hoje, com a abertura de arquivos, os dados surgem. Neste documentário (em francês com legendas em espanhol) vemos como se utilizou a experiência de repressão do Vietnã e da Argélia (milhões de mortos e torturados) para desenvolver os sistemas repressivos latino-americanos. A França, que tanto fala em cultura, teve um papel importante. (L. Dowbor)
Leia mais

Repare Bem – agosto – 2013, 95min.

Caros, Repare Bem, documentário de grande beleza sobre a ditadura, pelos olhos de Denise Crispim. O que se vê não são os tanques e sim as pessoas. Ganhou o prêmio do Festival de Gramado. Não percam, Espaço Itaú de cinema em várias capitais. (L. Dowbor) http://itaucinemas.com.br/filme/repare-bem… Leia mais



Parceiros

© 2017 Ladislau Dowbor. Criação WowBrazil | Tema original Feelsen por Sérgio Vilar