Novos estudos CEBRAP
vol.37 no.2  – São Paulo May/Aug. 2018

DOSSIÊ BALANÇO CRÍTICO DA ECONOMIA BRASILEIRA (2003-2016)

Excelente artigo de Lena Lavinas e Denise Gentil. Mostra que muito além de conter o déficit, o travamento das políticas sociais públicas (Teto de Gastos) visou abrir espaço para a privatização da saúde e da educação, áreas que por sua vez passaram a ser dominantemente controladas por grupos financeiros, em particular estrangeiros.

Linguagem clara, sem complicações econométricas, e ótimas tabelas que mostram uma das faces mais duras da financeirização ao dificultar o acesso da massa da população a coisas tão elementares como saúde e educação. 

Confira a íntegra em:
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002018000200191&lng=en&nrm=iso&tlng=pt