No Brasil, 64 milhões de pessoas estão com o nome sujo. Ladislau Dowbor, professor da pós-graduação em economia na PUC-SP, alerta que essa situação é provocada principalmente pelos juros abusivos do sistema financeiro. Confira a reportagem abaixo: