Luta cada vez mais acirrada entre os que produzem as pesquisas e buscam a sua divulgação, e a apropriação privada dos conhecimentos por gigantes como Elsevier e outros. O conhecimento será tanto mais produtivo quanto mais circular. Trata-se de um processo interativo e colaborativo em escala mundial, na linha do Open Access, Creative Commons e outros modos. Aqui os protestos contra um típico atravessador de conhecimentos, dificultando o acesso para poder cobrar, sem ter produzido conhecimento algum e com elevado prestígio científico por empréstimo.

Clique aqui e confira íntegra da reportagem (2p.)