Share on Facebook17Share on Google+1Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

A Enorme Taxa de Juros do Brasil: Será que os brasileiros conseguem suportá-la? 

Dezembro de 2016
Mark Weisbrot, Jake Johnston e Julia Villarruel Carrillo
Centro para Pesquisa Econômica e Política Pública (CEPR)


Este
relatório olha para as excepcionalmente altas taxas de juros brasileiras. O Brasil possui o quarto maior encargo no mundo com o pagamento de juros da dívida pública (em meio a 183 países). O relatório indica que isso não é um resultado de conhecidos fatores de risco, mas sim decorrente da incomum alta taxa de juros estabelecida pelo Banco Central — as taxas de juros estabelecidas por política econômica também têm estado entre as mais altas no mundo — e do poder político e de mercado de um altamente concentrado setor bancário.

Os autores advertem de que, a não ser que o Brasil corrija sua política monetária, ela pode condenar o país a mais um longo e severo período de falência econômica comparável à experiência de 1980–2003. Neste período, o PIB per capita cresceu em média 0,2 por cento ao ano.

Confira a íntegra do relatório em: http://cepr.net/images/stories/reports/brazil-interest-rates-2016-12-portuguese.pdf

Fonte: http://cepr.net/em-portugues/relatorios/a-enorme-taxa-de-juros-do-brasil-sera-que-os-brasileiros-conseguem-suporta-la