Paulo Cannabrava Filho – A Governabilidade Impossível – Alameda Editorial (2018) – 316p. – ISNB 978-85-7939-565-9

A ampla retrospectiva que Paulo Cannabrava traz neste livro nos permite ter um recuo relativamente ao caos e gritaria que hoje caracterizam a política no Brasil. Em nome de “consertar o país”, estão destruindo a democracia, entregando petróleo, terras e empresas, liquidando direitos dos trabalhadores, desarticulando políticas sociais básicas nas áreas de saúde e educação – enfim, gerando uma grande farra que articula oligarquias nacionais e interesses transnacionais, não mais contidos pelas instituições, por regras do jogo democráticas. Daí o título do livro se referir à governabilidade e à ruptura institucional. Quando se violam instituições, prevalece apenas a lei do mais forte. A máfia sempre soube se vestir com ternos elegantes, mas os procedimentos são simplesmente mafiosos. Os discursos são de ordem, mas o efeito é o caos. Confira o prefácio de Dowbor (p. 9 – 13) no link: http://dowbor.org/blog/wp-content/uploads/2018/10/18-Cannabrva-Prefácio.docx