Dispensa apresentações, este belíssimo curta do Furtado mostra como cada ator econômico, a dona de casa que quer os melhores tomates para a família, o vendedor, o personagem que recicla, todos fazem o seu papel da maneira mais racional possível. O resultado é um absurdo sistêmico. Uma lição de economia muito divertida. (L. Dowbor)

http://www.youtube.com/watch?v=KAzhAXjUG28