São elétricos, silenciosos e não poluem. Em São Paulo arrancaram os trilhos para vender mais carros. (L. Dowbor)