O estudo do Cenpec é de primeira importância. Mostra de forma muito clara que a educação nas áreas de elevada vunerabilidade social simplesmente reproduz, na forma atual, a vulnerabilidade preexistente. Isto vale para os professores, inseridos na mesma dinâmica e na mesma desesperança, e os alunos, que não têm na educação o instrumento de promoção social que se espera. Em outros termos, é indispensável a organização de políticas amplas e integradas de inclusão econômica, social, cultural e de acesso ao conhecimento nos diferentes territórios vulneráveis. O estudo está baseado em pesquisa de periferia de São Paulo, mas faz todo sentido para efeitos de se repensar as políticas de inclusão em áreas críticas. (L. Dowbor)

Download