The Palmeiras community in the state of Ceará created their own bank, the Palmas Community Development Bank. The savings of the community are now used to finance local development intiatives. The enclosed booklet is a very down to earth description of how to go about this, the practical problems, the management issues, including issuing local money. The commercial banks, in poor regions, are not investors, they are net extractors of local savings, later invested in the richer regions and in financial speculation. Locally managed money is incomparably more efficient: money management efficiency should not be measured according to how much the bank earns, but how productive the money becomes for the community, whose money it is, after all. The booklet is now downloadable in English, free use, we welcome comments and other examples. In Brazil we already have roughly 50 regions with Community Development Banks.  (L. Dowbor)

A brochura anexa constitui uma ferramenta para qualquer comunidade que queira assumir as rédeas do seu desenvolvimento, começando pelo começo. Ou seja, assumindo o controle das suas próprias poupanças. Os bancos comerciais em geral não financiam a região onde instalam a agência: tiram mais do que põem, comportam-se como aspiradores financeiros (ver as estatísticas no artigo de Airton Saboya, do BNB,  no blog www.criseoportunidade.wordpress.com ), para jogar o dinheiro em aplicações financeiras fora da região ou fora do país.As comunidades hoje aprenderam a ser os seus próprios banqueiros. Como fazer isto é o objeto desta brochura, Bancos Comunitários de Desenvolvimento, onde o pessoal que aplicou a idéia com sucesso conta de forma simples como foi. Um excelente material de trabalho, partindo da experiência do Banco Palmas, no Ceará, hoje já reproduzida em dezenas de municípios. Inclusive com emissão monetária, como qualquer banco. E funciona. Divulguem, copiem, apliquem, pois os grandes bancos estão fazendo festa com chapéu dos outros, melhor a gente catar o nosso chapéu de volta.(L. Dowbor)

Download