Dissertação de mestrado em economia, sob orientação da profa. Anita Kon, banca com Maria de Fátima Araújo e Ladislau Dowbor, em Maio de 2006, 143 p.

Procurar com ou na biblioteca da PUC-SP

Todos sabemos da importância de passarmos a organizar de maneira minimamente decente os sistemas de informação pública. A dissertação de mestrado de Daniela de Castro, orientada pela profa. Anita Kon, na área de economia da PUC-SP, estuda o problema da informação sobre a qualidade das políticas sociais no país. Em particular, examina a impressionante fragilidade dos sistemas de informação dos tres níveis de governo, que ademais não se articulam.

Ainda que no plano da informação das contas públicas se constatem avanços, em particular com a necessidade de monitorar a aplicação da Lei de Responsabilidade Fiscal, o fato é que não dispomos de um sistema integrado de avaliação dos resultados das políticas sociais. A pesquisadora mostra com força que no plano local, que é onde a população pode participar e influir mais diretamente nas políticas, enfrentamos uma deficiência muito grande: um sistema integrado de informação local ainda está por ser constituido.Daniela propõe que se evolua para um tipo de Lei de Responsabilidde Social, envolvendo assim as adminsitrações públicas na prestação de contas em termos de qualdiade de vida da população. 

Trata-sede uma dissertação acadêmica, e é natural que haja uma ampla revisão de literatura, mas no conjunto é um trabalho de economia aplicada. Com as novas tecnologias, e a conectividade geral dos atores sociais,  conectar os diferentes sistemas de informação, e organizar um ambiente rico em conhecimento é hoje simples e barato, não coloca problemas metodológicos insuperáveis,e representa uma iniciativa cuja relação custo-benefício é particularmente favorável. Da mesma forma como as empresas evoluiram para a visão do “knowledge organization”, no plano da gestão pública temos de evoluir para um tipo de “knowledge territory”, assegurando que os diversos agentes econômicos e sociais de um território ou município tenham as bases informativos para uma gestão sistemicamente coerente.   

O trabalho é muito bem escrito, e representa uma contribuição importante para todos os que trabalhamos com a geração de sistemas de governança eficiente e de transparência. Veja também abaixo o trabalho de Marcel Pedroso, sobre tema semelhante. A bibliografia é muito boa. Recomendo – LD 

Autor: Daniela Rodriguez de Castro